24.3 C
Rondonópolis
, 22 maio 2024
 
 

EDITORIAL: Os 10 anos da medicina na UFR

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img

A Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) celebra, este ano, uma década de instalação do seu curso de medicina. Nestes últimos dez anos, mais de 100 profissionais foram formados com excelência pela instituição, muitos deles já atuando na saúde pública e privada da cidade.

Por muitos anos, houve intensa mobilização da comunidade local, inclusive com a participação efetiva do A TRIBUNA, para que o curso se tornasse realidade, assim como também a emancipação do campus local, o que acabou ocorrendo com a criação da Universidade Federal de Rondonópolis, há cinco anos.

Em tão pouco tempo, o curso de Medicina surpreendeu e já se destaca como um dos melhores do país, obtendo nota máxima no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), que é aplicado pelo Ministério da Educação (MEC).

É algo que deve ser motivo de orgulho para toda comunidade, pois o conceito máximo no Enade constitui um indicador de qualidade que mensura o grau de conhecimento dos estudantes em relação aos conteúdos ensinados durante o curso, além de avaliar as habilidades e competências inerentes à profissão.

Em meio às comemorações dos 10 anos, chega a boa notícia de que, em breve, será implantada a Residência em Medicina de Família e Comunidade, o que deverá contribuir para melhorar a qualidade do atendimento da rede básica de saúde do município.

Aliás, uma residência que já poderia estar em pleno funcionamento se não fosse a “birra” do prefeito Zé Carlos do Pátio com o vereador Dr. José Felipe Horta, que se engajou para viabilizar o projeto, por meio de convênio do Ministério da Educação com o Município.

Por falta de assinatura do prefeito, a residência não começou este ano. Mas, pela informação dada pelo vice-coordenador do curso, o médico ortopedista Rafael Mederi, a implantação já está encaminhada para o próximo ano.

Além da residência, segundo o médico, já estão em andamento ações voltadas à viabilização do Hospital Universitário, que significará ganhos de aprendizado para os estudantes como também para a saúde, como um todo, em Rondonópolis e região

Os frutos estão aí e nos mostram como valeu a pena lutar pelo curso de Medicina oferecido aqui na cidade, assim como pela emancipação da universidade.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Prepare o cobertor! Frente fria deve derrubar temperatura a partir desta sexta

Uma massa de ar polar deve atingir Rondonópolis a partir desta sexta-feira (24) e derrubar a temperatura no fim...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img