24.3 C
Rondonópolis
, 22 maio 2024
 
 

Dia do jornalista | Acidente | Mais um preso por sequestro | Detido por violência doméstica | Animais silvestres

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img

DIA DO JORNALISTA

O jornal A TRIBUNA agradece as felicitações do Sicredi pelo Dia do Jornalista, comemorado no último domingo (7). Toda a redação se une às homenagens aos jornalistas locais, que mantêm-se sempre pautados em levar informação com credibilidade e compromisso para toda a comunidade rondonopolitana. Que possamos continuar a buscar construir uma sociedade mais justa e próspera. O Sicredi, inclusive, encaminhou para a equipe do A TRIBUNA uma bela cesta com doces, bolos e e salgados. Um café da tarde completo. Os nossos agradecimentos à direção e colaboradores desta importante cooperativa.


 

(Foto – Reprodução/Gazeta Digital)

ACIDENTE I

O secretário estadual de Agricultura Familiar, Luluca Ribeiro, foi internado após sofrer um acidente automobilístico, ontem (9), na MT-010, que liga Cuiabá ao Distrito de Nossa Senhora da Guia. Ele passou por exames e, até o fechamento desta edição, aguardava avaliação médica. O acidente com outra caminhonete ocorreu quando o secretário e equipe seguiam para um assentamento no Distrito da Guia em uma agenda de trabalho da Secretaria de Agricultura Familiar de Mato Grosso (Seaf).

ACIDENTE II

Conforme informou o governo do Estado, na caminhonete, junto com o secretário, estavam dois servidores da Seaf, sendo que um deles conduzia o veículo, e um assessor da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Todos foram socorridos e encaminhados para unidades hospitalares. O quadro de saúde de todas as vítimas é estável.


 

MAIS UM PRESO POR SEQUESTRO I

O quarto suspeito de participar do roubo seguido de sequestro e cárcere privado, em Rondonópolis, foi preso pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf). Com diversas passagens por roubo e com a prisão preventiva decretada pela 2ª Vara Criminal de Rondonópolis, o investigado de 20 anos, foi localizado na segunda-feira (8), em um bar no bairro Conjunto São José.

MAIS UM PRESO POR SEQUESTRO II

Segundo a polícia, na abordagem os policiais civis da Derf constataram que o jovem portava no pulso o relógio de uma das vítimas. Ao ser surpreendido, o suspeito quebrou o seu celular, jogando o aparelho ao chão. Perguntado acerca do roubo, ele confessou a participação detalhando como o grupo agiu, alegando que ficou com o relógio e com a quantia de R$ 2 mil subtraída das vítimas.

MAIS UM PRESO POR SEQUESTRO III

O roubo seguido de sequestro e cárcere privado ocorreu no dia 02 de abril. Uma família foi rendida por criminosos, sendo as vítimas submetidas a tortura física, psicológica, além de extorsão. Durante as diligências, a equipe da Derf de Rondonópolis identificou os envolvidos, sendo três deles presos anteriormente. Até o momento, quatro suspeitos foram presos por praticarem o roubo.


 

DETIDO POR VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Um homem investigado por violência doméstica e familiar, foi preso pela Polícia Civil, na tarde de segunda-feira (8), no bairro Vila Mineira, em Rondonópolis. O suspeito de 27 anos foi detido pela equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher durante ação para cumprimento de prisão preventiva decretada pela Vara Especializada de Violência Doméstica da Comarca de Rondonópolis. O agressor responde pelos crimes de lesão corporal, ameaça e maus-tratos, no âmbito da Lei Maria da Penha, cometido contra sua companheira de 31 anos.


 

(Foto – Sema/MT)

ANIMAIS SILVESTRES I

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) recebeu, no primeiro trimestre de 2024, 356 animais silvestres para cuidados médicos ou soltura. Foram 170 aves, 82 mamíferos e 104 répteis. Grande parte destes animais, 261, foi resgatada por solicitação. Outros 83 foram por entrega voluntária. A maior parte dos resgates foi realizada pelo Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMMT) e Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT).

ANIMAIS SILVESTRES II

Após o resgate, os animais são destinados à Sema, que avalia a necessidade de atendimento médico. O próximo passo é definir entre soltura imediata, destinação para áreas de soltura ou mantenedores e criadouros de conservação de espécies, ou para os cuidados de um guardião. Em 2024, 153 destes animais foram para soltura, sendo 138 para soltura imediata e 77 ficaram sob cuidado de guardiões.

 

- PUBLICIDADE -spot_img
« Artigo anterior
Próximo artigo »

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Ainda o CRP: Lei com o cálculo autorial ficou para a próxima semana

Durante a reunião da ordem do dia da Câmara Municipal, realizada na tarde de ontem, a secretária municipal de...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img