15.5 C
Rondonópolis
, 15 julho 2024
 
 

Papo Político

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img


 

Adonias Fernandes: “Seu sonho de se tornar prefeito está sendo adiado, para apoiar o Thiago Silva, ou espera ser candidato a vice do Adilton?…”

1- SENHORAS E SENHORES,

estamos entrando na reta final do mês de novembro…, o mês de dezembro passa rapidão, com o aniversário de Rondonópolis no dia 10 de dezembro e, em seguida, tudo vira festa de final de ano e viagens pelas belas praias brasileiras – o rondonopolitano adora as praias de Santa Catarina, em especial o Balneário Camburiú.

Mas, em véspera do ano eleitoral de 2024, o que não vai parar mesmo são as reuniões e os primeiros acertos para a formação dos grupos políticos, com vistas a disputa do Paço Municipal, ou seja, a sucessão do prefeito José Carlos Araújo, o popular Zé do Pátio – mas que agora passa a ser mais conhecido como o Zé das Praças.

Praças é o que mais gosta o nosso prefeito de fazer, disto ninguém pode reclamar. O pecado é que, ele constrói a Praça, a cerca toda, a inaugura, e já passa um cadeado nela.

O Colunista fica a pensar, já pensou se ele chamasse Zé Paisagista!!! Pelo menos, se o Cláudio Paisagista, pré-candidato a prefeito pelo PL, vier a ser eleito prefeito de Rondonópolis, nem vai precisar se preocupar em construir praças.

2- NA COLUNA PASSADA,

foi analisado aqui a situação política dos nossos vereadores, pois a disputa camarina também será das mais disputadas, e como a grande maioria estará disputando a reeleição, já em janeiro do próximo ano os vereadores começarão a definir para quais grupos políticos irão.

E será feita muita matemática para concluir quais as chances de conquistas de vagas por cada partido. E neste particular, o partido que tiver candidato próprio à Prefeitura, ganha muita preferência dos possíveis candidatos a vereador, principalmente os nomes puxadores de votos.

E dos 21 vereadores, o PAPO citou os nomes de 19, com as suas tendências de trocas de partidos. E acabou sendo questionado o porquê de não ter citado a situação dos vereadores Marisvaldo Gonçalves (UB) e do Adonias Fernandes (MDB).

COMPLETAMOS ENTÃO,

aqui hoje. O vereador Marisvaldo não tem motivo de pensar em trocar de partido. O União Brasil vem forte para a disputa municipal, com o governador Mauro Mendes como seu principal cabo eleitoral, pois está muito interessado no pleito de Rondonópolis, como já dito aqui no PAPO, arquitetando já a sua candidatura a Senador da República em 2026. A tendência do UB é apoiar o candidato do PL, o deputado estadual Cláudio Ferreira – queira ou não, os dirigentes do seu Diretório Municipal.

O Colunista volta a frisar, as eleições municipais passam pelas orientações dos grandes líderes regionais. No caso do UB, a presidente Marchiane Fritzen vai acabar acatando as orientações da dupla MM – que não é só o Mauro Mendes -, mas sim ele, o governador, e o seu Chefe de Gabinete, Mauro Carvalho, suplente de Senador, que está de olho na vaga do titular Wellington Fagundes, que pretende ser candidato a governador em 2026, e sendo eleito, o Mauro Carvalho fica com 4 aninhos de mandato no Senado da República. Senhores e Senhoras, precisa a coisa ficar mais clara do que esta? O UB se coligar com o PL para prefeito de Rondonópolis, e a coligação se repetir em 2026, para o Governo e o Senado?

E nesse quadro, como garantiu o presidente do PL, Ananias Filho, desde o início das articulações das pré-candidaturas, o Partido Liberal, de Wellington Fagundes e do ex-presidente Jair Bolsonaro, seria protagonista nas eleições municipais. E nesse grupo, então, o vereador Marisvaldo Gonçalves deve permanecer para disputar a sua reeleição.

3- JÁ O VEREADOR

Adonias Fernandes, o decano da Câmara Municipal, com uma longa história política dentro do MDB, desde quando iniciou suas atividades em movimentos de bairros e, inclusive, foi assessor do ex-vereador e ex-deputado, famoso advogado criminalista William Rodrigues Dias, é claro que não vai largar o seu partido agora.

Depois de algum tempo meio em cima do muro, sempre aparecendo no bloco de apoio ao prefeito José Carlos do Pátio, andando com ele pelos bairros e fazendo vídeos mostrando obras municipais, o Adonias agora fala a todos os pulmões que apoia o seu pré-candidato a prefeito, o deputado estadual Thiago Silva.

NOS MEIOS POLÍTICOS

todos sabem que o grande sonho do vereador Adonias Fernandes é ser prefeito de Rondonópolis. Na Câmara Municipal, ao longo dos seus mandatos, sempre tem o perfil de apaziguador. Vota quase sempre favorável à aprovação dos projetos do prefeito. Está sempre pelos bairros da cidade conversando com seus moradores, procurando ouvir suas reclamações e reivindicações.

Na atual gestão de Zé do Pátio, tem livre acesso ao Paço Municipal e ao próprio prefeito, quando nem sempre as relações partidárias de ambos são amistosas, haja vista que o Zé do Pátio (PSB) sempre esteve distante do deputado estadual Thiago Silva (MDB), que é pré-candidato a prefeito muito bem avaliado pela população.

O Zé faz tudo para desmerecer o trabalho de Thiago Silva. E agora fica a expectativa de como será a atuação do vereador Adonias Fernandes no último ano da gestão patista, se for confirmada a candidatura de Thiago Silva.

JÁ HOUVE ATÉ

comentário de que, na verdade, o Adonias Fernandes quer mesmo é uma união do MDB com o Republicanos, ou seja, dos pré-candidatos Thiago Silva e Adilton Sachetti. E ai com a possibilidade do ex-prefeito Adilton ser o candidato a prefeito e o Adonias formaria a chapa como candidato a vice.

O Thiago Silva continuaria na Assembleia Legislativa para disputar as eleições para Deputado Federal em 2026. Que o projeto é viável, não resta dúvida. Bom para todos. E assim o vereador Adonias começaria a concretizar o seu sonho de se tornar prefeito de Rondonópolis.

4 – MOSTRAMOS TAMBÉM

no PAPO POLÍTICO passado a importância da formação de lideres nos grupos. Um líder para ser perpetuado, ele tem que permitir o aparecimento de novos lideres.

Ele não pode ter ciúmes em ceder espaço para outros. Podemos citar, por exemplo, aqui em Rondonópolis, o surgimento de um grande líder em 1982, quando o emedebista Carlos Gomes Bezerra conquistou a Prefeitura Municipal, mudando a história política do município, onde predominava as forças conservadoras, e passou a Prefeitura a ser ocupada pela Esquerda Bezerrista.

Carlos Bezerra fez carreira na política mato-grossense, de deputado federal, governador e senador, à partir da Prefeitura. Se tornou o “Cacique” do MDB, mas formou vários líderes, inclusive elegendo prefeitos de Rondonópolis, como Percival Muniz, Alberto de Carvalho e o próprio José Carlos de Araújo, que virou do Pátio, por trabalhar no pátio da Secretaria de Obras. Além dos seus vices, Fausto de Souza Farias e Rogério Salles, este também assumiu o governo do Estado, em substituição ao titular Dante de Oliveira.

E ainda elegeu a sua esposa, Teté Bezerra, como deputada estadual e federal. Hoje, Bezerra continua dando as cartas, como presidente regional do MDB, prestes a se aposentar da vida pública, mas o seu exemplo bem que poderia ser seguido por outras lideranças locais, como o senador Wellington Fagundes, que está na vida pública há cerca de 30 anos e até agora não formou nenhuma grande liderança.

Em situação ainda mais crítica é o prefeito José Carlos do Pátio, criado por Carlos Bezerra, se elegeu vereador, deputado estadual e está no seu terceiro mandato de prefeito, mas parece não fazer questão de transferir votos para ninguém. Não consegue eleger seus amigos, nem a própria esposa Dona Neuma, que disputou a eleição para deputada federal no pleito passado.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

1 COMENTÁRIO

  1. Tem gente que gosta bastante de ficar politicando! Agora será que gostaria de ficar trabalhando?
    O Zé pelo menos de uma levantada na qualidade de vida na cidade!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

ECA, 34 anos: proteção digital de crianças é principal desafio

Criado para garantir direitos e a proteção de pessoas com menos de 18 anos, o Estatuto da Criança e...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img