26.4 C
Rondonópolis
, 21 maio 2024
 
 

Surpresa na janela: Vereador Cláudio da Farmácia troca o MDB pelo PSB

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
Ao lado do prefeito Zé Carlos do Pátio e de Paulo José, o vereador Cláudio da Farmácia mostra sua ficha de filiação no PSB (Foto – Assessoria)

O que era só especulação de bastidores há algum tempo se confirmou ontem (4). O vereador Cláudio da Farmácia não faz mais parte do MDB, por onde conquistou três mandatos na Câmara Municipal. O seu destino será o PSB, onde inclusive já assinou a ficha de filiação na véspera do fechamento da janela partidária, que ocorre hoje (5).

A ida de Cláudio da Farmácia para o PSB foi bastante comemorada pelo grupo do prefeito Zé Carlos do Pátio, que trabalha para emplacar a candidatura do diretor-geral do Sanear, Paulo José, na corrida sucessória deste ano pela sigla socialista.

É que a filiação de Cláudio, um militante histórico do MDB de Rondonópolis, é considerada por eles como uma baixa significativa para o projeto do pré-candidato a prefeito pelo partido, o deputado Thiago Silva.

O ingresso de Cláudio ao PSB foi sacramentado, conforme apurou o A TRIBUNA, após reunião realizada na manhã de ontem com o prefeito Zé Pátio e Paulo José. Na oportunidade, ele [Cláudio], que vinha avaliando há algum tempo a troca de sigla para a disputa do pleito eleitoral deste ano, assinou a ficha e posou para foto.

Em conversa com a reportagem, Cláudio limitou-se a dizer que a mudança de sigla e de grupo político na eleição deste ano, onde deve buscar o seu quarto mandato como vereador, foi motivada meramente por questões eleitorais.

Salientou ainda que deixa a sua antiga sigla sem ressentimentos e que antes de se filiar ao PSB conversou com o deputado Thiago Silva e o líder maior do MDB no Estado, Carlos Bezerra, que foi quem o convidou para se filiar na legenda.

 

 

———— CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Nestas conversas, o ex-presidente da Câmara Municipal assinalou que explicou aos dois líderes emedebistas os seus motivos para a saída da legenda, onde ingressou no início da década passada.

“Deixo o partido por questões eleitorais. Mas, sou muito grato ao MDB, onde conquistei três mandatos”, atestou, acrescentando que Bezerra disse que ainda tem esperança de ter o vereador de volta ao partido “algum dia”.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

“Marinho Franco”: Aeroporto tem maior crescimento de passageiros em Mato Grosso em 2023

Dados do boletim do turismo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), divulgado na última semana, mostram que...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img