24.3 C
Rondonópolis
, 22 maio 2024
 
 

Reformulação: Prefeito confirma “soluções caseiras” para pastas que estavam sem gestores

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
Bruna Amâncio ganha o status de supersecretária, com o acúmulo de três pastas (Foto – Redes Sociais)

Confirmando a expectativa de que adotasse a sua famosa “solução caseira” para o comando das secretarias municipais que estavam sem gestores desde a semana passada, o prefeito Zé Carlos do Pátio definiu, nesta sexta-feira (12), as nomeações para os comandos das pastas do Meio Ambiente, Gabinete de Comunicação Social e Habitação e Urbanismo.

Ele decidiu nomear a secretária Municipal de Governo, Bruna Amâncio, para assumir as responsabilidades da Secretaria de Meio Ambiente, bem como a gestão do Gabinete de Comunicação Social. Com isso, Bruna passou a acumular as três pastas.

Na nomeação, o prefeito ainda determinou que a secretária não irá acumular os salários dos cargos, recebendo apenas a remuneração correspondente ao cargo de secretária de Governo, pasta que assumiu no início do ano após a saída de Priscila Paiva para comandar a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Setrat) e a Autarquia Municipal do Transporte Coletivo (AMTC).

O prefeito também definiu, nesta sexta-feira, a gestão da Secretaria de Habitação e Urbanismo. Para a pasta, como já era esperado, Pátio nomeou Maristela Moraes da Silva, que já atuava na Habitação e estava na Superintendência de Regularização Fundiária.

Na Educação, o prefeito já havia nomeado Tatiane Matos, que já era servidora da pasta e nome de confiança da ex-secretária Mara Gleibe da Fonseca.

Ainda não houve definição do nome que irá assumir a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. A expectativa é que o prefeito defina o substituto de Alexsandro Silva na próxima semana.

 

 

———— CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

As mudanças em cinco pastas da administração municipal ocorrem após a saída dos secretários Mara Gleibe (Educação), Huani Rodrigues (Habitação), Kamila Carvalho (Meio Ambiente), Alexsandro Silva (Desenvolvimento Econômico) e Wender Dias (Comunicação).

Os cinco deixaram os cargos para concorrerem a uma vaga na Câmara Municipal nas próximas eleições. A saída dos cargos é obrigatória, uma vez que a legislação eleitoral determina a desincompatibilização dos servidores para que possam participar do pleito.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

A melhor idade é aquela em que apaixonamos. Os noivos Sirlei Libânio e Celso José Bressan disseram “SIM”. O...
- Publicidade -

- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img