31.7 C
Rondonópolis
, 19 maio 2024
 
 

Cuidados da Fisioterapia Pélvica na Gestação

Marisa Marin, fisioterapeuta pélvica, traz mais informações sobre o assunto e desmistifica alguns mitos

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
(Foto – Divulgação)

A fisioterapia pélvica durante a gestação só é indicada para aquelas que buscam o parto normal?

Mito. Isso é um grande equívoco. A fisioterapia pélvica é indicada independente da via de parto. Cuidamos das alterações fisiológicas que irão acontecer durante a gestação, como diástase abdominal; peso na região do assoalho pélvico, que pode causar escape de urina, hemorroida, dores pélvicas; aliviamos os desconfortos do quadril, dores na lombar, pubalgia, tensão na região do nervo ciático, entre tantas outras alterações.

Grávidas podem apresentar constipação intestinal e a fisioterapia pélvica pode auxiliar significativamente nesses pontos?

Verdade. Muitas vezes o que causa a constipação intestinal na gestante é o consumo de ferro nas suplementações. A fisioterapia pélvica irá trabalhar com exercícios e orientações para que a paciente consiga evacuar de uma forma mais tranquila e segura, evitando que isso piore e intensifique para quadros de hemorroida, por exemplo.

Disfunções sexuais femininas (DSF) podem acontecer na gravidez?

Verdade. Muitas mulheres apresentam disfunções sexuais mesmo antes de ficar grávida. A paciente receberá orientações sobre toda a musculatura do assoalho pélvico, proporcionando uma melhor qualidade perineal, melhor conscientização e controle da região.

O tratamento com a fisioterapia pélvica se inicia desde o início da gestação?

Sim. Assim que a mulher descobre que está grávida deve procurar uma fisioterapeuta pélvica, nesse momento já receberam orientações sobre postura, cuidado com exercícios abdominais, e toda conscientização do assoalho pélvico.

A fisioterapia pélvica só pode ser feita durante a gestação?

Mito. Essa área trabalha com queixas urinárias, fecais e sexuais, tratando o público feminino e masculino em diferentes idades.

A fisioterapia pélvica é indicada nos casos de endometriose?

Sim. Nestes casos sabemos que a paciente apresenta um maior desconforto de cólica menstrual e dores na relação sexual, a fisioterapia pélvica atuará no tratamento das duas queixas.

A fisioterapia pélvica é só para as mulheres?

Não. Também existe fisioterapia pélvica para o público masculino, tratando queixas urinária, fecal e sexual.

O que a fisioterapia pélvica trata no atendimento pós-parto?

Re-avaliamos a questão da diástase abdominal, controle do assoalho pélvico, cicatrização e possíveis queixas individuais da paciente.

Quando a paciente deve retornar na fisioterapia pélvica após o parto?

Essa informação vai depender de como foi o trabalho de parto, eu particularmente, converso com a paciente e já passo orientações para serem feitas desde o pós imediato do parto, às vezes podemos prestar atendimento ainda na maternidade, e se tudo correu bem e de forma tranquila que venha ate o consultório dentro de 7 a 10 dias pós parto.

A fisioterapia pélvica pode ser feita de forma preventiva?

Sim. Da mesma forma que nos exercitamos de forma preventiva, podemos exercitar a parte pélvica de forma preventiva. Ganhar conhecimento da região, compreender todas as estruturas, trará uma melhor qualidade de vida e um futuro com menos tendência a problemas pélvicos.

Dra Marisa Marin
Fisioterapeuta dermatofuncional e pélvica
Crefito-3/201218-F

Dra Marisa Marin é formada em Fisioterapia pela Universidade Anhembi Morumbi – UAM, pós graduada em Fisioterapia Dermatofuncional pela Universidade da Cidade de São Paulo – UNICID, e também pós graduada em Fisioterapia da Saúde da Mulher e do Homem pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo – FCMSCSP. Possui certificações em tratamentos de pós operatório de cirurgia plástica com abordagem terapêutica e preventiva de fibroses. É, ainda, fundadora da clínica Enervida, especializada em dermatofuncional, realizando tratamentos de massagem, para alívio da dor, inchaço, melhora na qualidade de vida; procedimentos faciais como limpeza de pele e reabilitação no pós parto.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Especialistas alertam: hipertensão arterial também ocorre na infância

Embora a hipertensão arterial seja doença de maior prevalência em adultos, afetando cerca de 30% da população brasileira, o...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img