25.8 C
Rondonópolis
, 19 maio 2024
 
 

Corrida ao Paço: Grupo segue alimentando mistério com relação ao nome do “ungido”

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
Marchiane Fritzen, presidente local do União Brasil: “nesta composição com o Thiago, o Sachetti seria o vice dos sonhos” (Foto – Arquivo)

A presidente local do União Brasil, a empresária Marchiane Fritzen, confirmou ontem ao A TRIBUNA que a sigla deve mesmo caminhar ao lado do MDB, Republicanos e PRD na disputa pela prefeitura de Rondonópolis.

Sobre o nome que encabeçará a chapa do grupo, embora tenha evitado cravar, sob a alegação de que isto será anunciado posteriormente em conjunto, ficou claro nas entrelinhas que deve ser mesmo o deputado estadual Thiago Silva, o pré-candidato a prefeito pelo MDB.

Rumores de que Thiago será o nome do grupo à corrida sucessória ganharam força após reunião realizada há cerca de 15 dias, em Cuiabá, para avaliar uma ampla pesquisa de opinião contratada junto ao Instituto Vetor sobre o cenário eleitoral em Rondonópolis.

Após o encontro, o grupo ficou de fazer o anúncio do nome escolhido entre os quatro pré-candidatos dos partidos que estão participando da construção da aliança oposicionista ao candidato apoiado pelo prefeito Zé do Pátio. No entanto, isso não ocorreu até o momento.

O grupo contava, até então, além da pré-candidatura de Thiago Silva e da própria Marchiane, do ex-prefeito Adilton Sachetti (Republicanos) e do atual vice-prefeito Aylon Arruda, que se filiou recentemente ao Republicanos.

“A única definição que temos é que o grupo estará unido na eleição deste ano. Logo logo vamos anunciar juntos quem será o nome que vai pra disputa da prefeitura”, disse ela, mantendo o tom de mistério sobre o que ficou encaminhado na reunião realizada na capital.

Questionada sobre os rumores de que Thiago teria sido o “ungido”, a empresária desconversou. Porém, admitiu que dificilmente não será o emedebista. “Ele (Thiago) está pontuando bem e dificilmente não será o indicado pelo grupo para ser o nosso candidato lá na frente”, deixou escapar.

Em relação ao vice, Marchiane comentou que deve ser indicado pelos partidos da aliança. “A escolha de vice acontece lá na frente. Mas, deve sair de um dos partidos do grupo, embora nesta composição com o Thiago, o Sachetti seria o vice dos sonhos”, declarou.

Deu a entender ainda que já estaria em andamento conversas no sentido de convencer Sachetti, já que o ex-prefeito havia manifestado, anteriormente, não ter interesse de desempenhar este papel, uma vez que já foi prefeito e, na sua avaliação, disputar como vice, seria caminhar para trás.

 

 

———— CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Marchiane tem reunião marcada hoje, em Cuiabá, com o chefe da Casa Civil do Estado, deputado federal licenciado Fábio Garcia (UB), para apresentar a ele um balanço dos encaminhamentos da sigla na cidade até o momento.

No fechamento da janela partidária, o UB recebeu a filiação de três vereadores: Roni Cardoso, Ozeas Reis e Cido Silva, embora tenha perdido o vereador Marisvaldo Gonçalves, que optou em se transferir para o Republicanos. A sigla tem hoje, ao lado do PL, a terceira maior bancada da Câmara Municipal.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Carlos Bezerra é internado em UTI após cair e bater a cabeça; quadro é estável

O ex-deputado federal e presidente estadual do MDB, Carlos Bezerra, deu entrada no Hospital São Matheus, na Capital, na...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img