24.8 C
Rondonópolis
 
 

Vigia Mais MT: Câmeras entregues à prefeitura pelo estado seguem inutilizadas

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
Após instaladas, as câmeras terão monitoramento em tempo real feito pelo Ciosp e as imagens permanecerão armazenadas no sistema pelo período de 10 dias (Foto – Arquivo)

As 690 câmeras de videomonitoramento recebidas pela prefeitura de Rondonópolis do governo do estado, em julho deste ano, continuam inutilizadas.

Até o momento, o município não marcou nem mesmo uma data para realização da licitação para contratar a empresa que irá instalar e fazer a manutenção dos equipamentos. As câmeras fazem parte do programa Vigia Mais MT do governo do estado e foram adquiridas com recursos estaduais.

Rondonópolis aderiu ao programa e recebeu os equipamentos no último dia 14 de julho. Na semana seguinte, a prefeitura instalou duas câmeras para testes no cruzamento da avenida Duque de Caxias com a rua Dom Pedro II, no bairro Vila Aurora. Os demais equipamentos não estão instalados.

Ao todo, o município recebeu do estado 690 câmeras, sendo fixas, câmeras que se movimentam e ainda 40 OCRs, que são as câmeras que identificam restrições em tempo real pelas placas de veículos.

Após instaladas, as câmeras terão monitoramento em tempo real feito pelo Ciosp e as imagens permanecerão armazenadas no sistema pelo período de 10 dias.

 

 

———— CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

O programa Vigia Mais MT foi criado para auxiliar, principalmente, as forças de segurança pública no combate à criminalidade. Os municípios que aderiram ao programa, como é o caso de Rondonópolis, receberam os equipamentos que foram comprados pelo governo do estado e têm a responsabilidade de realizarem as instalações das câmeras nos locais definidos pelas forças de segurança em estudo prévio, bem como garantir a manutenção do sistema.

Para isso, a prefeitura precisa abrir um processo de licitação e contratar a empresa que irá fazer tanto a instalação dos equipamentos quanto a manutenção dos mesmos. Essa etapa deve ser realizada com recursos do município.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

1 COMENTÁRIO

  1. Esse é o reflexo da gestão municipal atual – Desordem. As prioridades da prefeitura pelo que parece são outras e não à segurança da cidade, modernização e mapeamento de pontos importantes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Crianças e adolescentes: Evento discute protocolo integrado para atendimento às vítimas sexuais

Promotores de Justiça, juízes, delegados, médicos legistas, peritos criminais e policiais de Mato Grosso participam desde ontem (26), em...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img