18.5 C
Rondonópolis
, 19 maio 2024
 
 

Fogos de artifício: médico veterinário explica como proteger seu pet do barulho

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img

Para algumas pessoas a queima de fogos da virada do ano representa alegria e diversão, mas para os pets é sinônimo de medo, ansiedade e muito incômodo. O coordenador do curso de Medicina Veterinária da UNIC Cuiabá, Lázaro Camargo, explica que a audição apurada dos cães é um dos fatores que fazem com que eles sintam medo dos foguetes. “Os cães escutam de 4 a 6 vezes mais alto que os humanos e barulhos como esses, parecem ensurdecedor aos animais que acabam entrando em pânico e ficando extremamente agitados”, explica.

Pânico pode trazer graves problemas para a saúde do seu bichinho de estimação – Foto – Agencia Brasil

O medo dos fogos atinge todos os animais, de modo geral. Mas o professor ressalta que os gatos conseguem controlar melhor esse incômodo. Ele alerta que os fogos podem trazer graves problemas para a saúde dos animais. “Quando o animal sofre um susto, é liberada uma grande quantidade de catecolaminas, hormônio que desencadeia uma série de alterações fisiológicas, aumentando a frequência cardíaca dos pets e consequentemente a frequência respiratória”, alerta o veterinário.

Para amenizar os transtornos causados pelo barulho é importante que os tutores adotem alguns cuidados para preservar a saúde dos pets. Lázaro também explica que o guardião deve se preparar emocionalmente para dar o suporte necessário para o pet e manter a calma.

A utilização de florais também é uma alternativa para amenizar o sofrimento dos bichinhos. “Se indicado pelo médico veterinário que acompanha o animal, o uso de alguns florais podem servir como calmante para o pet. Eles podem ser encontrados em clínicas veterinárias e pet shops e seu uso deve ser iniciado dias antes das datas comemorativas”, conclui.

Abaixo, o especialista lista dicas para o cuidado com o pet, na noite de réveillon:

  • Deixe o animal no cômodo da casa que tenha menos barulho;
  • Certifique-se de que não há rotas de fugas no cômodo que o pet estará para que ele não fuja;
  • Se possível, feche portas e janelas na hora da queima dos fogos;
  • Procure na internet um som relaxante ou ligue a TV com o volume alto com o intuito de abafar o barulho externo;
  • Se morar em apartamento, verifique se as telas de proteção estão seguras para evitar acidentes com o seu pet;
  • Utilize fones de ouvido ou protetores de orelha apropriados para pets. Eles podem ser comprados em clínicas veterinárias e em pet shops;
  • Faça companhia para o seu pet. Isso transmite segurança para ele.
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Baixa do Guaíba revela destruição e prejuízo em Porto Alegre

Este sábado (18) começou sem chuva e com sol em Porto Alegre. A água das ruas já baixou em...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img