24.3 C
Rondonópolis
, 22 maio 2024
 
 

Ligações indevidas e chuva intensa causam transbordamento na rede de esgoto em Rondonópolis

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
Equipes do Sanear foram reforçadas para atender casos de extravasamento na rede de esgoto causados por ligações irregulares (Foto: Ascom Sanear)

As chuvas constantes que caíram nos últimos dias em Rondonópolis trouxeram uma preocupação extra para as equipes que fazem a manutenção da rede de esgoto no município.

Conforme o Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis, Sanear, o número de casos de extravasamentos aumentou quase 200% nas duas últimas semanas, chegando a 24 ocorrências por dia.

O levantamento envolve registros realizados em vias públicas e também dentro de residências e estabelecimentos comerciais.

Esse aumento abrupto é causado pelas ligações indevidas à rede de esgoto da água recolhida em calhas, que deve ser direcionada às galerias de águas pluviais. A situação provoca uma sobrecarga e resulta em transbordamentos.

“Nós reforçamos as equipes e estamos trabalhando muito para atender as ocorrências com rapidez. Mas precisamos da colaboração de toda a população para resolver esse problema antigo e que causa tantos transtornos”, disse o presidente do Sanear, Paulo José Correia.

 

(Foto: Ascom Sanear)

Além dos transbordamentos, as ligações indevidas afetam a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Assim como a rede de tubulações, ela não foi projetada para receber a água da chuva – que tem volume maior e se desloca com mais rapidez que o esgoto.

A técnica em química Samara Christina, uma das responsáveis pelo monitoramento da ETE, disse que a estação está operando com vazão máxima nestes dias de chuva e alertou para a necessidade de medidas preventivas para evitar problemas maiores.

“A infiltração excessiva da rede pluvial pode sobrecarregar o sistema, além de aumentar os custos de operação. Até o momento a situação está sob controle, mas é importante monitorar e corrigir quaisquer problemas que possam afetar o funcionamento adequado do sistema”, explicou.

 

Água da chuva deve ser direcionada para galerias pluviais (Ilustração: Ascom Sanear)

A orientação é para que a população verifique as instalações e certifique que a água recolhida da chuva seja despejada nas sarjetas, de onde correrão naturalmente para as galerias de águas pluviais.

Em caso de dúvida ou para comunicar ocorrências de extravasamento na rede o cidadão deve entrar em contato com as unidades comerciais do Sanear ou acionar o atendimento telefônico (0800 647 2442) e o Whatsapp da autarquia (99984-9090).

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Ainda o CRP: Lei com o cálculo autorial ficou para a próxima semana

Durante a reunião da ordem do dia da Câmara Municipal, realizada na tarde de ontem, a secretária municipal de...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img