14.2 C
Rondonópolis
, 15 julho 2024
 
 

Grande perigo: Inmet amplia alerta para onda de calor

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
A previsão é de que os termômetros ultrapassem os 42ºC em Rondonópolis já neste fim de semana (Foto – Wendell Martins/A TRIBUNA)

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) ampliou, nesta sexta-feira (10), o alerta para a onda de calor que atinge Rondonópolis. O Instituto aponta grande perigo e riscos à saúde em função das temperaturas elevadas – 5ºC acima da média – que devem permanecer, pelo menos, pelos próximos cinco dias. A previsão é de que os termômetros ultrapassem os 42ºC em Rondonópolis já neste fim de semana.

A nova onda de calor começou na quarta-feira (8), quando o Inmet emitiu um alerta amarelo de perigo. Nesta sexta-feira, a temperatura máxima registrada na estação meteorológica do Inmet na cidade foi de 40,6ºC.

Para este sábado (11), a temperatura deve ficar entre 41ºC e 24ºC, sem previsão de chuva. O tempo também deve permanecer seco, com a umidade relativa do ar variando entre 80 e 20%.

O domingo (12) pode ter temperatura máxima de 42ºC, com mínima de 25ºC. O dia deve ter poucas nuvens e não há previsão de chuva. A umidade relativa do ar pode variar entre 80 e 20%.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

O calor extremo continua na segunda, terça e quarta-feira (13, 14 e 15) com temperatura variando entre 42ºC e 25ºC. Há possibilidade de pancadas de chuvas isoladas na segunda-feira. A terça e a quarta não têm previsão de chuva. O tempo seco continua e nos três dias a umidade relativa do ar pode variar entre 70 e 20%.

RISCOS À SAÚDE PÚBLICA

Diante da onda de calor, a Defesa Civil de Mato Grosso emitiu alerta, nesta sexta-feira (10), para um grande perigo à saúde até a próxima quarta-feira (15).

Segundo a Defesa Civil, em razão da elevada temperatura, e da duração da onda de calor, o Ministério da Saúde emitiu orientações sobre um potencial risco de emergência em saúde pública em Mato Grosso.

“As ondas de calor representam sérios riscos para a saúde humana, incluindo hipertermia, desidratação, problemas respiratórios e agravamento de condições médicas pré-existentes”, informou

Diante do quadro, a Defesa Civil recomenda que, nesse período, a população evite exposição ao sol durante os horários de maior calor, como das 10h às 17h, evite a prática de atividades físicas ao ar livre sem a proteção adequada e não deixe crianças ou pessoas idosas sem vigilância em veículos estacionados.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

ECA, 34 anos: proteção digital de crianças é principal desafio

Criado para garantir direitos e a proteção de pessoas com menos de 18 anos, o Estatuto da Criança e...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img