28.1 C
Rondonópolis
, 12 julho 2024
 
 

Papo Político

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img

Carlos Ernesto Augustin: “Assim como o Aylon, também estaria sendo fritado na frigideira política do prefeito Zé do Pátio?…”

1- SENHORES E SENHORAS,

anotem ai o nosso CALENDÁRIO DAS ELEIÇÕES:
FALTAM133 DIAS PARA O PLEITO ELEITORAL
(Mas depois das eleições, em 6 de outubro, ainda ficarão faltando 86 dias para iniciar uma nova fase administrativa em Rondonópolis. De uma coisa o PAPO garante para nossos leitores, uma nova mentalidade de gestão teremos para o nosso município. Pelos perfis dos quatro pré-candidatos colocados até agora, Rondonópolis terá a partir do primeiro dia do ano de 2025 um prefeito de tino administrativo bem diferente do atual, com uma política pública ampla, abrangente à todas as classes sociais.
E é o que realmente o nosso rico município precisa. Harmonia total entre o trabalhador, o empregador e o seu chefe do executivo. Rondonópolis precisa de um prefeito voltado para o planejamento e execução de obras impactantes, precisa se pensar o município para depois que a ferrovia se estender para a região Norte do Estado.
Não é porquê continuaremos sediando o maior terminal ferroviário da Rumo, que vamos ficar dormindo em berço esplêndido, esperando o trem passar. E esse será o principal tema para ser discutido entre nossos representantes políticos, liderados pelo novo prefeito, e nossas classes empresariais, que têm o poder econômico local.

O PAPO POLÍTICO

acredita que a população saberá escolher esse novo gestor, e o que já nos traz certa certeza de mudança é que o próprio pré-candidato apoiado pelo prefeito Zé do Pátio (PSB), o seu fiel escudeiro Paulo José Correia (PSB) faz questão de deixar bem claro em todos os seus pronunciamentos para a sociedade que ele é bem diferente do atual prefeito, tendo uma outra forma de pensar em relação à muitas atitudes, apesar de concordar com muitas outras decisões dele.

Então, que venha logo o dia das eleições, quando caberá aos eleitores “contratar” o novo administrador para Rondonópolis com capacidade para gerir esse bilionário orçamento de 2,5 bilhões, que se constitui no maior do interior de Mato Grosso. Que Deus ilumine os votos dos rondonopolitanos!!!

2- E A VIA CRUCIS DO NOSSO

prefeito Zé do Pátio (PSB) continuou por mais uma semana. A administração não pode parar e, pior, a situação política do grupo não está nada favorável. E o Zé do Pátio não divide com ninguém as decisões que devem ser tomadas.
Um vídeo de uma reunião política na semana viralizou pelas redes sociais: O Zé do Pátio esbravejando a todos os pulmões, mesmo sem microfone, pedindo para a sua assessoria anotar (sic)* os nomes dos candidatos a vereador que não estão colaborando, inclusive os atuais vereadores – “com exceção do Reginaldo”, frisou ele – e não estão trabalhando pela chapa majoritária. Cadê os candidatos! São 110 candidatos! Eu vou ficar de olho! Não faz política só pra você, não. Tem que fazer para o nosso candidato: “Ele vai crescer…” ** – foram termos gritados pelo Zé.
* O sic marcado pelo PAPO é pelo fato do prefeito falar “minha Assessoria”. Seria seus assessores municipais trabalhando em reuniões políticas pelos bairros? A Lei Eleitoral não permite isso.
**Outro detalhe, o Zé do Pátio acusa o golpe ao clamar que o seu candidato “vai crescer…”. Parece que realmente ele não está conseguindo a transferência de intenções de  votos para o correligionário Paulo José. Aliás, o que não é novidade essa sua dificuldade, como aconteceu nas eleições de 2022, quando não elegeu o vereador Rony Magnani para deputado estadual e nem a esposa Dona Neuma para deputada federal.

JÁ A SUA DESORGANIZAÇÃO

administrativa ficou por conta da renovação do CRP – Certificado de Regularidade Previdenciária em cima da hora, na sexta-feira, 17, depois do alerta dado pela diretoria do SISPMUR. Lembram, Senhores e Senhoras, o transtorno causado no ano passado quando o CRP venceu e andou travando operações da Prefeitura Municipal com órgãos federais?!

Pois é, o Zé não aprendeu a lição e quase que “O fantasma do CRP rondava de novo pelo Paço”. E ele ainda ficou bravo com a Geane Teles, que deu o grito, e com o A TRIBUNA que divulgou o alerta. E não esqueça, senhor prefeito, ainda está faltando o Cálculo Atuarial que terá que ser enviado para a Câmara Municipal, para sua aprovação. Coloca ai na sua agenda.

3- QUANTO A DEFINIÇÃO DO PROJETO

político para as eleições, virou mesmo um grande impasse no grupo das forças progressistas a coligação do PSB do Paulo José com o PT de Carlos Ernesto Augustin, o Teti, que não admite de forma alguma a maneira autoritária do Zé do Pátio querer comandar todo o processo, principalmente em relação a coalização dos partidos do grupo das forças progressistas.
Para prefeito, o Zé do  Pátio “bateu o martelo há muito tempo” e trabalha focado na pré-candidatura do Paulo José, ignorando completamente o Teti do PT. A federação Brasil da Esperança (PT, PV e PCdoB) se sente descartada na discussão das chapas de candidaturas à Câmara Municipal.

Então o clima é de animosidade, e nesta semana ficou mais uma vez claro que ainda está muito distante o entendimento para a formação da chapa majoritária. O Teti continua pré-candidato a prefeito e foge dos encontros políticos programados pelo Zé do Pátio e o Paulo José.

O clima realmente é tenso e ficou claro com as declarações ao A TRIBUNA, feitas pelo presidente local do PT, Wendel Girotto, de que o plano A do PT é a candidatura a prefeito do agropecuarista e assessor especial do Ministério da Agricultura, o Teti, que não esconde a sua irritação  com a forma de condução do projeto do grupo das forças progressistas, deixando claro que se não houver uma mudança nessa condução e as conversas não vingarem, o PT está pronto para disputar a Prefeitura e com o apoio do presidente Lula, que até poderá vir participar do palanque em Rondonópolis. Só quero ver o presidente Lula vir a Rondonópolis e não ser recepcionado pelo prefeito Zé do Pátio!!!
O detalhe é que o pré-candidato Teti assinou embaixo das declarações do presidente do diretório, Wendel Girotto, e inclusive repercutiu a reportagem do A TRIBUNA nos “stories” de seu perfil no Instagram, deixando claro que ele continua mesmo pré-candidato a prefeito e irritado com o Zé do Pátio.
Na frigideira do Zé, que iniciou com os três pré-candidatos a prefeito, o primeiro a pular fora, quando sentiu a chapa esquentando, foi o atual vice-prefeito Aylon Arruda (que até deixou o PSD e se filiou ao Republicanos, para fazer oposição). Até quando o Teti vai aguentar?

NA OPINIÃO DA COLUNA

o candidato do grupo forças progressistas será mesmo o Paulo José, mas da forma que o processo está sendo conduzido dificilmente o Teti estará junto, principalmente na condição de candidato a vice-prefeito.
Das lideranças petistas locais, demonstram estar ao lado desse projeto do Zé o ex-vereador Juca Lemos, que tirou foto ao lado do Teti na sua volta ao PT, mas nunca desgarrou da pré-campanha do Paulo José, como também o presidente da Câmara, vereador Júnior Mendonça, que mudou o discurso, anda com a caravana do Paulo José pelos bairros e também já facilita as manobras do prefeito com seus projetos enviados para serem votados em regime de urgência.

4- POR FALAR NA CÂMARA MUNICIPAL,

nesta semana foi aprovado o projeto do executivo para a contratação de 27 servidores para a Secretaria de Assistencia Social e trabalhar no cadastramento de famílias para o CADÚNICO.

Desta feita passou o regime de urgência, e precisava de 14 votos para aprovação do projeto do Executivo. Teve 15. Só o vereador Subtenente Guinancio (PSDB) que votou contra. Cinco vereadores não compareceram…para não se comprometerem, é claro!

Explicam aqui, para o Colunista, Cara Pálida! Este projeto não é eleitoreiro? Além de 9 motoristas, são 18 servidores contratados por meio de um seletivo, para atuarem como cadastradores e precisam ter curso superior…MAS NÃO PRECISA SER ASSISTENTES SOCIAIS. Que tem cheirinho de cartas marcadas, tem. Vamos ficar de olho nesse processo seletivo.

5- OUTRA COISA, EM TORNO DA

Câmara Municipal e o Paço é sobre as Emendas Impositivas. Mesmo com o prefeito entrando com uma ação de inconstitucionalidade para não precisar obedecer o prazo, que foi aprovado na Lei de Orçamento Anual para o próximo 30 de junho, as notícias de bastidores são de que andou havendo algumas reuniões entre as partes e com promessas de que elas serão mesmo pagas neste prazo, e por isso o clima andou melhorando para a aprovação dos projetos do Executivo.
Lembramos que são 35 milhões de Reais divididos em projetos dos 21 vereadores justamente visando beneficiar suas reeleições. Que será um gás para conquistar eleitores, não temos dúvida, mas será que vai dar tempo, praticamente em apenas 1 mês o Zé do Pátio liberar toda essa grana para seus queridos vereadores, sendo a maioria deles fazendo parte das duas candidaturas oposicionistas à sucessão municipal, ou sejam, os deputados Thiago Silva e o Cláudio Ferreira? Nesta semana que inicia vamos ver se essa conta vai fechar.
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Azedou de vez! Coletiva escancara “racha” na Federação

O que era para ser apenas uma coletiva de imprensa convocada pelo empresário Carlos Ernesto Augustin, o Teti (PT),...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img