22.7 C
Rondonópolis
, 11 junho 2024
 
 

Uffa! Projetos dos cargos, enfim, são aprovados pela Câmara

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
O plenário da Câmara, na sessão de ontem, colocou um ponto final no assunto e aprovou os projetos do Paço Municipal (Foto – Valdeque Matos/A TRIBUNA)

Após sete capítulos, a novela que se transformou a votação dos projetos encaminhados no final de março, pelo prefeito Zé Carlos do Pátio (PSB), prevendo a criação de novos cargos na estrutura organizacional de diversas secretarias municipais, terminou com um “final feliz” para o Executivo.

Como previu o A TRIBUNA, ontem, todos os sete projetos que estavam na Casa e que o município denominou de “reestruturação do organograma” de várias secretarias acabaram aprovados.

Todos eles, alcançaram entre 14 e 15 votos. Se posicionaram contrários os vereadores Subtenente Guinancio (PSDB), Paulo Schuh (PL), Kalynka Meirelles (PL) e Dr. José Felipe Horta (PL). Não votaram Cláudio da Farmácia (PSB) e Roni Magnani (PSB).

 

 

———— CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Os projetos aprovados são relacionados a cargos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECITI), Gabinete de Comunicação Social (GCOM), Secretaria Municipal de Educação (SEMED), Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra), Secretaria Municipal de Administração (SMAD) e Secretaria Municipal de Transparência Pública e Controle Interno (SETRACI).

Também foram aprovados, em segunda votação, os projetos que previam a criação de cargos de veterinários para o Centro de Reabilitação Animal de Rondonópolis (Ceraro), a contratação temporária, por meio de seletivo, de cadastradores e motoristas para o Programa de Fortalecimento Emergencial do Atendimento do Cadastro Único no Sistema Único da Assistência Social (PROCAD – SUAS).

O líder de Pátio na Casa de Leis, Reginaldo Santos, disse à reportagem que a aprovação das matérias é resultado da “persistência” e “paciência” em esperar o momento para “maturar” os projetos para que fossem aprovados pelos vereadores.

“Infelizmente, algumas pessoas da oposição ‘raivosa’ desvirtuaram os projetos, tentando passar para a imprensa e à sociedade que estavam criando 166 cargos. O que é uma mentira”, desabafou.

Um dos críticos ferrenhos aos projetos, o vereador Guinancio, que preside a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, lamentou, sem citar nomes, a mudança de postura de alguns colegas que eram contrários às matérias.

“Surpreendentemente algo mudou, não sei o que. Mas, mudou e o prefeito conseguiu o que queria. Passou a ‘boiada’, mesmo com os apelos feitos pela oposição e os alertas que fizemos das ilegalidades destas propostas. Agora, quem vai pagar esta conta é a população, infelizmente”, lamentou.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

1 COMENTÁRIO

  1. bando de vereadores lixos Rondonópolis tem o pior é a sociedade que continua a votar nestas porcaria humana, que suga e torra o dinheiro publico sem nenhuma qualidade de servico ou ao menos formação para o cargo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Após muita polêmica: Governo anula leilão e cancela compra de arroz importado

Também hoje, o secretário de Política Agrícola do Mapa, Neri Geller, pediu demissão após suspeitas de conflito de interesse. A FOCO Corretora de Grãos é do empresário Robson Almeida, que foi assessor parlamentar de Geller na...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img