21 C
Rondonópolis
, 11 junho 2024
 
 

Dia dos namorados: Levantamento aponta incremento de 5% nas vendas do comércio local

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
Comércio local projeta 5% de incremento em vendas neste Dia dos Namorados (Foto – Divulgação/CDL)

Dados da sondagem realizada na última semana pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Rondonópolis com empresários de ramos variados apontam que o comércio varejista da cidade está mais “pé no chão” quando o assunto é incremento nas vendas neste Dia dos Namorados, celebrado nesta quarta-feira (12).

Fora dos chamados segmentados – cuja projeção ultrapassa a casa dos 10% de acréscimo na comparação com 2023 -, no varejo ampliado o percentual fica na casa máxima dos 5%.

Conforme a CDL, moda, calçados e acessórios, eletroeletrônicos, artigos presenteáveis e cosméticos foram alguns dos segmentos ouvidos pela sondagem. Nestes, há lojistas preparados, inclusive, para números ainda mais baixos que os registrados em 2023.

“A expectativa é de mercado mais aquecido, comparado aos outros meses do ano, mas, ainda assim, com vendas que não superam o ano passado”, projeta uma entrevistada.

Entre os mais otimistas, há quem aposte em 10% de incremento nas vendas. “Nós estamos buscando os 10%”, afirma outro lojista, do ramo de móveis, eletrodomésticos e eletroeletrônicos.

“Para nós a data não impacta muito, mas, mesmo assim, entramos no clima. Apostamos na decoração da loja, ações diferenciadas. Por isso, apostamos em uma procura maior dos consumidores por smartphones, notebooks, bicicletas, etc”, indica.

Dos motivos para as projeções mais singelas estão a instabilidade política e econômica, além do “efeito Dia das Mães”, que puxou os números para percentuais abaixo do esperado em maio.

“Nós ficamos bem abaixo, quase 20% a menos que a gente esperava e 10% a menos do que em 2023 em números reais”, argumenta um lojista. “Por isso nada de muito otimismo. Para nós aqui a projeção é de 5%, isso jogando alto”, completa.

Ainda sobre o Dia das Mães, quem manteve a projeção mais em baixa acertou. No segmento de moda, um lojista ouvido pela CDL destacou, ainda, a frente fria daquele mês como fator importante de incremento.

 

 

———— CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

“Fez o mês de maio ser bastante importante, deu motivo para o consumo. Faltam bons motivos para as pessoas consumirem, ainda mais em meio a essa instabilidade”, argumenta.

“Agora para junho, a expectativa tende a ser a mesma, quer dizer, se o clima esfriar aumenta o comércio. Tradicionalmente, o Dia dos Namorados traz um ticket médio maior, com presentes de maior valor agregado, porque no geral, os namorados querem impressionar, agradar. Outro fator importante é que, diferente do Dia das Mães, em junho ocorre a troca de presentes entre os casais, ou seja, o consumo é dobrado. Por tudo isso, apostamos em 5%, o que, em meio a atual circunstância, é algo bom”, finaliza. (com informações da assessoria)

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Mais de 700 quilos: PRF apreende veículo “recheado” com maconha na BR-163

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de 700 quilos de maconha que estavam sendo transportados em um veículo...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img