23.3 C
Rondonópolis
 
 

Crime de trânsito: PM intensifica ações e quer acabar com os “rolezinhos” em Rondonópolis

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img

A Polícia Militar está atuando para acabar com os conhecidos “rolezinhos” de motociclistas em Rondonópolis. Segundo dados do 5º Batalhão da Polícia Militar, neste último mês, 33 motocicletas foram apreendidas e 23 pessoas detidas, entre elas, seis eram menores de idade. As ações devem ser intensificadas nos próximos dias.

“Nós não iremos tolerar esse tipo de prática na nossa cidade. Isso é crime de trânsito”, alertou o comandante do 5º BPM, tenente-coronel Lauro Osório.

O oficial explica que, desde o mês passado, a PM está realizando abordagens de motociclistas praticando esse tipo de crime de trânsito. “Depois do recebimento de inúmeras denúncias de populares falando da bagunça que essas equipes de ‘vrau’ estão fazendo na cidade, decidimos intensificar as abordagens”, diz.

O comandante ressalta que os chamados “rolezinhos” feitos pelas tais equipes de “vrau” não são esporte ou arte que alegam os praticantes. “Isso é crime de trânsito. Empinar motocicleta, praticar direção perigosa, colocando em risco a própria vida e a de terceiros, de inocentes, é crime e nós não iremos tolerar”.

De acordo com Osório, toda vez que houver aglomeração de motocicletas com o intuito de praticar direção perigosa e fazer manobras no trânsito, a Polícia Militar vai agir, fazer as devidas abordagens, apreender as motocicletas e prender os condutores.

“Além de inibir o crime de trânsito, a intenção é evitar que hajam vítimas, inclusive, terceiros, inocentes. Apesar de não termos registros de vítimas em Rondonópolis ocasionadas por essa prática, sabemos de casos em outras cidades e queremos evitar que isso aconteça aqui”, conclui.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

5 COMENTÁRIOS

  1. E os ladrões traficantes, assaltantes, e afins, quais foram os números de apreensões, mostra eles aí, mostra qual o combate que estão fazendo para diminuir a criminalidade, os assaltos a casas roubos e estupros tbm, agora pegar molecada que tá andando de moto e fazendo baderna e mais fácil né, deveriam sentir era vergonha de ser ridicularizados a esse ponto

  2. Este comportamento simiesco dos motoqueiros tranformaram o transito de Roo em uma selva. O SAMU se tornou um serviço para recolher estes espécimes e encaminha-los ao superlotado serviço de ortopedia do Hosp. Regional. Como na economia não existe almoço gratis, a conta recai para os estratos da sociedade que pagam altissimos impostos ( classes media e alta). Parabens a Policia. Que recrudescam as apreensões.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Finalmente: Obra de duplicação da extensão da avenida Bandeirantes avança

Depois da retomada há um mês, a obra de duplicação da extensão da Avenida Bandeirantes, entre o trevo do...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img