20.9 C
Rondonópolis
, 15 junho 2024
 
 

Eleição: Chapa única que disputa direção do Impro inicia campanha

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
Integrantes da chapa, Fábio Lima, Milene Maia, Danilo Ikeda, Lucinete Oliveira e Olívia Muniz (Foto – Danielly Tonin/A TRIBUNA)

Os integrantes da chapa única que concorrem à eleição da nova diretoria do Instituto Municipal de Previdência dos Servidores de Rondonópolis (Impro), deram início ao período de campanha, na busca de conquistar o voto da maioria dos servidores no pleito que acontece no próximo dia 4 de junho.

Encabeçada pelo atual procurador jurídico do Instituto, o servidor Danilo Ikeda Caetano, a chapa prega a continuidade dos trabalhos que vêm sendo desenvolvidos pelo atual diretor executivo Roberto Carlos Correia de Carvalho, que está no cargo desde 2015.

Em visita ao A TRIBUNA, na tarde de ontem, os integrantes da chapa única, que além de Danilo Ikeda para o cargo de diretor executivo, conta ainda com os servidores Lucinete Rodrigues de Oliveira, como gerente de Finanças e Investimentos; Olivia Oliveira Muniz, gerente de Administração; Fábio Sandro Lemos de Lima, para a gerência de Benefícios; e, Milene dos Reis Maia, para a Procuradoria Jurídica, destacaram as suas principais propostas.

“Nós queremos dar continuidade ao trabalho desta gestão, garantindo amparo ao servidor, defendendo as pautas da categoria como a não realização de uma reforma previdenciária, que sabemos que não precisa ser feita porque é possível manter o Instituto sem reforma; a realização de concurso público, porque precisamos que haja aumento no número de segurados, até porque, com esse último concurso da educação o que ocorreu foi apenas uma recomposição da quantidade de servidores ativos e precisamos que haja avanço. Para se ter uma ideia, temos uma média de 10 servidores aposentados por mês, 100 por ano. São cerca de 2 servidores ativos para cada aposentado e esse percentual precisa aumentar”, ressaltou Danilo.

O candidato a diretor executivo do Impro ainda reforçou que quer ampliar o acolhimento dos servidores. “Temos que pensar a previdência como uma proteção tanto para os aposentados como para aquele que ainda vai se aposentar. Também é importante ofertar suporte aos servidores, com programas de esporte, cultura e lazer, de apoio a saúde mental”, acrescentou.

 

 

———— CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Entre as propostas, a chapa também quer trabalhar para construir a nova sede do Impro. O Instituto já conta com o terreno com 2 mil metros quadrados. “A sede do Impro é pequena e é importante construir a nova sede que possa permitir ampliar os serviços aos servidores”, pontuou Danilo.

O candidato a diretor executivo já está há 12 anos atuando como procurador jurídico do Impro e é servidor público municipal há 18 anos. Danilo e todos os demais integrantes da chapa também contam com a certificação para atuar como dirigente de Regime de Previdência (RPPS).

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Série D: União enfrenta o CRAC fora de casa por permanência no G4

O União Esporte Clube encara o CRAC (GO), neste domingo, às 16h, na Arena Rifertil, na cidade goiana de...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img