26.3 C
Rondonópolis
, 18 maio 2024
 
 

Direto de Brasília

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img

De Carlos Lupi - 07-01-16

“É como dizia o velho Brizola: ele está ‘costeando o alambrado’. É como o boi que fica dando de costas na cerca, para tentar derrubar e atravessar para o lado de lá. Quem organiza são os Estados. Em Roraima mesmo, quem organizou foi o colega dele no Senado, o Telmário (Mota). Ele devia perguntar a essas pessoas o porquê dele não ter sido chamado.”
De Carlos Lupi, presidente nacional do PDT (foto), sobre a possível saída de Cristovam Buarque do partido.

SEM DIVÓRCIO
É desejo do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e do vice-presidente da República, Michel Temer, o rompimento do PMDB com o governo Dilma, mas pelo andar da carruagem, está muito longe de acontecer, pois a maioria do partido não quer.

AVALIAÇÃO
Esta é, pelo menos, a avaliação de membros da base governista, incluindo do próprio PMDB. O partido está cada vez mais dividido em relação ao rompimento, mas com forte viés para se manter na base, insolando definitivamente Temer e Cunha.

HARMONIA
Tanto que o próprio Temer prega harmonia do PMDB com o governo e já descartou apoiar o impeachment. Tudo porque percebeu que está perdendo liderança no partido e corre até o risco de não se reeleger presidente da legenda na convenção de março.

LIDERANÇA
Mesmo pregando a unidade do PMDB na Câmara, Michel Temer manobra para destituir o atual líder da bancada, deputado Leonardo Picciani (RJ), nas eleições para lideranças que acontecerão tão logo o Congresso Nacional retorne do recesso parlamentar.

REVERSÃO
Antes criticada, a decisão do Ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, de quitar de vez as chamadas “pedaladas” de 2015 com recursos da Conta Única do Tesouro Nacional agora é elogiada como medida para não depender do caixa do Tesouro.

REPOSIÇÃO
O Ministério da Justiça vai buscar repor o orçamento da Polícia Federal, que teve um corte de custeio de R$ 151 milhões no projeto da Lei Orçamentária Anual. A reposição é necessária para que não ocorra prejuízos nas operações da corporação.

IMPEACHMENT
Muita gente que acredita que o processo de impeachment contra Dilma não sai este ano. Com os recursos que Cunha pretende entrar no STF, a votação na Câmara deve ocorrer em maio ou junho. Em seguida começam as eleições municipais. Depois o ano acaba.

BENS DE CUNHA
E o cerco se fecha contra Cunha. Agora a Receita Federal apontou incompatibilidade no aumento patrimonial do presidente da Câmara, de sua mulher, Cláudia Cruz, e de sua filha Danielle. Um aumento patrimonial de R$ 1,8 milhão entre 2011 e 2014.

‘CONSELHÃO’
Quase quatro anos depois, a presidente Dilma convoca o Conselho de Desenvolvimento Social, formado por trabalhadores, empresários e ministros. Perdeu tempo demais ao deixar de ouvir os representantes da sociedade. Teria erra menos se tivesse feito antes.

GPS MATO GROSSO

– O senador Wellington Fagundes (PR) homenageou, em artigo, o ex-senador mato-grossense Benedito Canellas, morto recentemente.

– Lembrou do “homem experiente, de gosto refinado e de uma lucidez que o manteve ativo no mundo político”, que começou como vereador em Cáceres, ainda em 1965.

– “Canellas foi um desbravador, desses que marcam a história de Mato Grosso. Com a mesma estirpe de Enio Pepino e Norberto Schwantz”, lembrou Wellington.

– Wellington recordou ainda que, como senador, Benedito Canellas chegou a ser um dos homens mais influentes da República nos estertores do ciclo militar.

SOBE – O fim dos chamados “autos de resistência”, termo usado nos boletins de ocorrência sobre ações policiais que causam lesões corporais ou a morte de civis.

DESCE – O preço do petróleo caiu cerca de 6% esta semana depois de ficar abaixo de US$ 35 por barril pela primeira vez desde 2004.

LEIA MAIS :
www.jpmbrasil.com.br

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Espanta o “fantasma”: Ao apagar das luzes, prefeitura renova CRP por mais 6 meses

A Prefeitura de Rondonópolis conseguiu ontem, aos 45 minutos do segundo tempo, a emissão, pelo Ministério da Previdência, da...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img