20.9 C
Rondonópolis
, 15 junho 2024
 
 

EDITORIAL: O TRE e as eleições em Mato Grosso

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
(Foto – Divulgação/TRE)

No próximo dia 6 de outubro, mais uma vez, os eleitores vão às urnas eleger representantes para os poderes Executivo e Legislativo. Escolherão prefeitos e vereadores para administrarem e legislarem pelos próximos quatro anos.

Com noticiou o A TRIBUNA ontem, o planejamento do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) para garantir um pleito seguro e transparente já está em andamento.

A presidente do TRE, desembargadora Maria Aparecida Ribeiro instalou, na última segunda-feira, o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) das Eleições Municipais 2024.

Sob a coordenação do juiz auxiliar da Presidência, Aristeu Dias Batista Vilella, o GGI terá pela frente um árduo trabalho para garantir que o eleitor mato-grossense exerça, com toda segurança, o seu direito ao voto, a começar pela imensa extensão territorial do Estado que, para este pleito, conta com 2.589.296 eleitores distribuídos pelos 142 municípios.

Destes eleitores, a expectativa é de que cerca de 180 mil estarão aptos a irem às urnas em Rondonópolis, que deve vivenciar este ano a sua maior eleição de todos os tempos. Na democracia o exercício do voto é essencial.

Neste sentido, este trabalho de planejamento para que o pleito transcorra dentro da total normalidade no Estado é importantíssimo, uma vez que Mato Grosso tem proporções continentais, com 903.357 km² de extensão territorial, o que corresponde a aproximadamente 10,61% do território nacional.

Portanto, garantir o acesso ao voto nos 1.515 locais de votação distribuídos em 8.795 seções de 57 Zonas Eleitorais que Mato Grosso dispõe, conforme números apresentados pelo TRE, é uma tarefa que exigirá muito de logística e mobilização de uma imensa massa de recursos humanos.

Vale ressaltar que, tendo como base as informações do TRE, o Estado conta com seções eleitorais em 75 locais de difícil acesso.

São muitos os desafios que o GGI terá pela frente e o êxito deste trabalho será fundamental para garantir medidas que façam com que cada voto dos eleitores mato-grossenses sejam contabilizados de maneira justa e segura, possibilitando assim o alcance de uma maior legitimidade no processo eleitoral nos quatro cantos de Mato Grosso.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Baixa umidade: Previsão é de dias ainda mais secos e quentes em Rondonópolis

Rondonópolis deve ter dias ainda mais secos pela frente. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê que, neste fim...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img