Mário da Silva Neto encontra-se foragido da Justiça e responde a outras ações penais (Foto – Divulgação)

Pela terceira vez, o Tribunal do Júri condena, em Rondonópolis, Mário da Silva Neto por homicídio. No julgamento realizado nesta quinta-feira (19), a pena aplicada ao réu foi de 18 anos de prisão por homicídio duplamente qualificado cometido contra Adenilda Adaltiva Gomes, no ano de 2016.

A sentença incluiu também mais dois anos e nove meses por porte ilegal de arma de fogo. Mário da Silva Neto encontra-se foragido da Justiça e responde a outras ações penais, todas por homicídio. Pesam contra ele, 11 homicídios consumados e uma tentativa.

Consta na sentença, que o réu já possui condenação que ultrapassa 47 anos de prisão e ainda aguarda julgamento em processos que tramitam nas comarcas de Chapada dos Guimarães e Várzea Grande. Em novembro do ano passado, ele fugiu do Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), durante atividades de equoterapia promovidas pela unidade.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

Na sessão do júri, realizada nesta quinta-feira em Rondonópolis, os jurados acolheram as duas qualificadoras sustentadas pelo Ministério Público Estadual. O entendimento foi de que o homicídio foi cometido por motivo torpe e com a utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima.

De acordo com a denúncia do MPMT, o réu atacou a vítima de surpresa no momento em que ela havia acabado de descer de sua motocicleta. Ela foi atingida com três tiros, um pelas costas, outro no braço e o terceiro na boca. Os disparos foram efetuadas a curta distância.

O crime, segundo o MPMT, foi cometido a pedido de um amigo do réu, que não se conformava com o término do namoro com a vítima.

 

3 COMENTÁRIOS

  1. Você é um desalmado Orlando ele é só mais uma vitima da sociedade, ademais quem fazer justiça com as próprias mãos ou em caso de legitima defesa contra esse anjo, a (in)justiça condenará com rigor, onde ja se viu condenar alguem vitima dessa sociedade insana.

    • Discordo do seu comentário irônico, olha a ficha do cara, 11 homicidios, então ele não é vitima do sistema e nem da sociedade(temos que ver que sociedade você vive), ele é um matador profissional, e por falar nisso, onde foi parar o lema do seu Presidente, que é bandido bom é bandido morto?

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui