As obras no Minidistrito Industrial da Vila Operária custarão mais de R$ 7,5 milhões (Foto – Divulgação)

A Prefeitura está concluindo a licitação para as obras de drenagem e pavimentação no Minidistrito Industrial da Vila Operária. A empresa que venceu o certame foi a Construtora Tripolo. As obras custarão mais de R$ 7,5 milhões. Com mais esse investimento em distrito industrial da cidade, somente fica de fora o Distrito Industrial Rondonópolis (Distrito Antigo), que ainda não conta com recursos destinados.

Além das obras que terão início no distrito da Vila Operária, está quase no fim as obras de drenagem e pavimentação do Distrito Industrial Augusto Bortoli Razia e em andamento as obras do Distrito Industrial Vetorasso. Para as obras foram investidos recursos municipais e também do Governo do Estado.

Em fevereiro deste ano, o prefeito José Carlos do Pátio fez uma reunião com empresários do Distrito Industrial Antigo, que estão há anos cobrando melhorias no local, e anunciou uma obra paliativa. Na sequência, um tapa-buraco foi feito nas principais ruas do distrito.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

Na ocasião, Pátio disse que não contava todos os recursos necessários para concretizar o projeto de recuperação total das vias com obras de drenagem e pavimentação, que teria um custo de R$ 80 milhões, apontando que a Prefeitura teria somente entre R$ 20 e R$ 25 milhões de recursos próprios em caixa para as obras.

A situação precária da drenagem e pavimentação do Distrito Antigo é motivo de reclamações constantes de empresários. Erosões e buracos tornam o local praticamente intrafegável e prejudica trabalhadores e empresas. Na época de chuva, a condição do distrito fica ainda pior.

O problema, que perdura há muitos anos, é preocupante em vários aspectos, pois sabe-se que o processo que envolve a confecção de projetos técnicos, a viabilização de recursos e finalmente a licitação para a contratação de uma empresa para tocar a obra não costuma ser rápido, o que prolonga mais o sofrimento dos empresários e trabalhadores dessa região.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui