19.3 C
Rondonópolis
, 15 julho 2024
 
 

EDITORIAL: Só 45 Km de duplicação…

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
(Foto – Arquivo)

Não agradou a notícia da aprovação pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) do plano de outorga para a concessão da BR-364 entre Rondonópolis e Jataí (GO).

Ao contrário da expectativa de que o trecho poderia ser totalmente duplicado, o plano aprovado, e que vai agora ser avaliado pelo Ministério dos Transportes e Tribunal de Contas de União (TCU), prevê somente a duplicação de 45 km da rodovia de 490 km. Outros 179,6 km devem ter faixas adicionais, enquanto os demais devem continuar como estão.

Conforme explicou a ANTT, o plano de outorga para a concessão do sistema rodoviário composto pelas BR-060/364/GO e BR-364/MT possui uma extensão total de 490,065 km.

Entre as obras previstas, destacam-se a duplicação de mais de 45 km de pistas, a implementação de 179,6 km de faixas adicionais, 13,5 km de vias marginais, 11 travessias em nível, 23 acessos, 30 pontos de parada para ônibus, 4 passarelas, 21 passagens de fauna e 3 caixas para contenção de materiais perigosos, entre outras melhorias.

Lembrando que o projeto da ANTT abrange a extensão das rodovias BR-060/364/GO/MT. Na BR-060, inclui o trecho entre o entroncamento com o contorno de Rio Verde/GO e a entrada da BR-364 (contorno de Jataí/GO).

Na BR-364/GO, o trecho compreendido da BR-060/GO até a Divisa GO/MT (Santa Rita do Araguaia). Continuando na BR-364/MT, cobre o trecho da divisa GO/MT (Alto Araguaia) até a entrada da BR-163 (Rondonópolis).

O projeto também inclui o Contorno do Araguaia, trecho entre a BR-364/GO e a entrada da BR-364/MT, nos municípios de Santa Rita do Araguaia (GO) e Alto Araguaia.

O problema é que a duplicação total da BR-364 entre Rondonópolis e Jataí é uma cobrança antiga para garantir maior segurança aos motoristas.

Especialmente para os moradores da região Sul/Sudeste de Mato Grosso, a duplicação da BR-364 é de extrema importância. Trafegar pela rodovia é uma tarefa de alto risco, visto o volume alto de acidentes, a insegurança e a quantidade de pessoas que já perderam a vida na rodovia.

Mesmo assim a proposta atual para que o trecho seja concedido não conta com a duplicação e para que isso ainda possa ser revertido será necessária muita pressão política.

O presidente Lula, por exemplo, estará em Rondonópolis na próxima semana, no dia 26, para lançar o plano safra 2024/25, e essa será uma ótima oportunidade para que os políticos da região possam tratar dessa demanda com ele.

 

- PUBLICIDADE -spot_img
« Artigo anterior
Próximo artigo »

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

ECA, 34 anos: proteção digital de crianças é principal desafio

Criado para garantir direitos e a proteção de pessoas com menos de 18 anos, o Estatuto da Criança e...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img