16.9 C
Rondonópolis
, 16 julho 2024
 
 

Eleições 2024: TRE anuncia evento em Rondonópolis para incentivar o voto consciente

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
Serão abordados temas relacionados ao processo eleitoral em geral, especialmente o pleito de 2024 (Foto – Arquivo/César Augusto)

Com o objetivo de incentivar o controle social e o voto consciente do cidadão mato-grossenses, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) realizará audiência pública, nesta quinta-feira (20), às 19h, em Rondonópolis. O evento ocorrerá na Fasipe, localizada na Rua Arthur de Almeida, 64, bairro Parque Sagrada Família.

A audiência é aberta à participação de todos, ou seja, representantes da sociedade civil, representantes de partidos políticos, advogados, professores, estudantes, órgãos de imprensa, lideranças religiosas e representantes de entidades públicas e privadas.

Na ocasião, serão abordados temas relacionados ao processo eleitoral em geral, especialmente o pleito de 2024, além das Metas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a gestão participativa da sociedade.

A presidente do TRE-MT, desembargadora Maria Aparecida Ribeiro, ressalta que a Justiça Eleitoral é uma instituição pública que tem como missão garantir a legitimidade do processo eleitoral e o livre exercício do direito de votar e ser votado.

“Nesse sentido, nos cabe assumir o papel na seara da responsabilidade social, por intermédio de ações que estimulem o controle social e o voto consciente do cidadão e da cidadã mato-grossense, a fim de que seus direitos e deveres sejam exercidos de forma soberana. A participação de todos na construção de um planejamento integrado e transparente para as eleições, é fundamental”.

A abertura das audiências será feita pela presidente do TRE-MT, seguida das falas da vice-presidente e corregedora regional eleitoral, desembargadora Serly Marcondes Alves, e dos juízes eleitorais Rhamice Ibrahim Ali Ahmad Abdallah (10ª ZE) e Aline Luciane Ribeiro Viana Quinto Bissoni (46ª ZE), ambos de Rondonópolis.

 

 

———— CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Programação

A mediação será feita pelo juiz auxiliar da presidência, Aristeu Dias Batista Vilella, e os debates terão contribuições da diretora da Escola Judiciária Eleitoral (EJE-MT), juíza Ana Cristina Silva Mendes; da procuradora regional eleitoral substituta, Thereza Luiza Fontenelli Costa Maia; do juiz auxiliar da Corregedoria Regional Eleitoral, Antônio Veloso Peleja Junior; juiz-membro do TRE-MT, Edson Dias Reis; diretor-geral do Tribunal, Mauro Sérgio Rodrigues Diogo; do secretário de Tecnologia da Informação, Carlos Henrique Cândido; e do assessor de Planejamento e Gestão Estratégica, André Emídio.

A programação inclui os temas: “Fake News e Propaganda Eleitoral – o que pode e o que não pode”; “Assédio eleitoral nas campanhas”; “Metas do CNJ para a Justiça Eleitoral, sob a ótica da transparência e da colaboração”; e “Histórico, segurança das urnas eletrônicas e aplicativos para as eleições”. Em seguida, será aberto o espaço para debate e questionamentos do público, que deve durar 15 minutos. O encerramento será feito pela presidente do Tribunal, desembargadora Maria Aparecida Ribeiro.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Santa Casa alerta: Pacientes e familiares estão sendo vítimas de golpistas

Pacientes da Santa Casa de Rondonópolis e familiares estão sendo vítimas de tentativa de golpes. A situação já foi...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img