20.9 C
Rondonópolis
, 14 junho 2024
 
 

Sispmur alerta: “Fantasma do CRP” volta a rondar o Paço

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
Geane Lina Teles, presidente do Sispmur: “a bola está com a prefeitura, que precisa resolver esta situação” (Foto – Arquivo)

A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis (Sispmur), Geane Lina Teles, externou ontem sua preocupação com o Certificado de Regularidade Previdenciária (CRP) do Município de Rondonópolis que, segundo a sindicalista, está em vias de vencer.

Conforme Geane, o Paço Municipal tem duas pendências que precisam ser resolvidas até hoje, dia 17 de maio. “Caso não sejam sanadas, a partir deste sábado o CRP de Rondonópolis estará suspenso”, alerta a sindicalista.

“Estamos preocupados com esta situação e com a falta de resposta da prefeitura”, aponta Geane, acrescentando que a parte do Instituto Municipal de Previdência de Rondonópolis (Impro) já foi feita, restando apenas o que cabe à prefeitura.

O Certificado de Regularidade Previdenciária é o documento que comprova que o município está de acordo com as normas definidas pelo Regime da Previdência Social e atende as diretrizes previdenciárias dos servidores públicos. Sem o CRP, o município pode ficar impedido de firmar convênios e receber repasses de recursos federais, afetando assim vários serviços para a população.

Ano passado, o CRP do município ficou suspenso pelo Ministério da Previdência Social por quase dois meses, causando uma série de transtornos, troca de acusações entre a gestão municipal e a direção do Impro e chegou até a ser alvo de um pedido de abertura de Comissão Especial de Investigação (CEI) na Casa de Leis, que não vingou. Agora, ao que tudo indica, o “fantasma” do CRP volta a rondar o Paço Municipal.

“A bola está com a prefeitura, que precisa resolver esta situação. Se o prefeito não assinar amanhã [hoje] o que precisa ser sanado, no dia seguinte [sábado] o CRP de Rondonópolis estará suspenso”, reiterou a sindicalista, informando que a Câmara Municipal já foi avisada pelo Impro e pelo Sispmur sobre essa situação.

 

 

———— CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Convocação

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal, vereador Subtenente Guinancio (PSDB), após a Câmara ser oficiada pelo Sispmur, apresentou, na sessão de anteontem, um requerimento com a convocação, em caráter de urgência, dos secretários municipais de Finanças e Gestão de Pessoas, Rodrigo Silveira Lopes, e Carla Gonçalves de Carvalho, respectivamente.

Os dois estão convocados para comparecer na reunião da Ordem do Dia, na próxima terça-feira (21), para prestar esclarecimentos sobre a situação do CRP.

Outro lado

Procurada ontem pelo A TRIBUNA, a prefeitura respondeu, por meio de nota, que a secretária Carla Carvalho repassou que “já estão em processamento os documentos no sistema Gov. para manter a regularidade do CRP de Rondonópolis”.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Risco de acidente em rodovias federais sob gestão pública é maior

Em 2023, o risco de acidentes em rodovias federais sob gestão pública no Brasil foi 3,2 vezes maior do...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img