20.9 C
Rondonópolis
, 14 junho 2024
 
 

Polêmica à vista: Pátio pede autorização para contratar 27 servidores para a Assistência Social

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
O pedido de Zé do Pátio, em regime de urgência, deve ser apreciado hoje pelos vereadores (Foto – Arquivo)

Mais uma polêmica à vista! Os vereadores devem apreciar, na sessão de hoje (22), o pedido de autorização do prefeito Zé Carlos do Pátio (PSB), encaminhado em regime de urgência, visando a contratação temporária de 27 servidores para o Programa de Fortalecimento Emergencial do Atendimento do Cadastro Único no Sistema Único da Assistência Social (PROCAD – SUAS).

Os novos servidores que devem ser contratados, por meio de um seletivo, são 18 assistentes sociais e nove motoristas, que receberão pelo serviço de 40 horas semanais salários de R$ 2.298,7 e R$ 2.200, respectivamente. O encaminhamento à pauta de votação da sessão de hoje foi discutida na Ordem do Dia realizada na tarde de ontem (21).

O líder do prefeito na Casa de Leis, vereador Reginaldo Santos (PSB), argumentou que a contratação deste servidores tem como objetivo ampliar o trabalho de cadastramento de famílias de baixa renda do município para serem atendidas pelos programas assistenciais e de inclusão social.

“Os profissionais contratados, por tempo determinado, reforçarão o trabalho de cadastramento destas famílias para o Cadastro Único, o CadÚnico”, reforçou Reginaldo.

“Com este trabalho de cadastramento, mais famílias em vulnerabilidade social do nosso município entrarão no radar do poder público e, assim, possibilitará que elas sejam contempladas pelas políticas públicas sociais disponíveis”, completou o parlamentar.

 

 

———— CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

No entanto, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), vereador Subtenente Guinancio (PSDB), antecipou que deve trabalhar pela derrubada da urgência do projeto que, na sua opinião, é mais uma proposta encaminhada pelo prefeito com cunho “eleitoreiro”, fazendo alusão aos projetos de criação cargos na estrutura de seis secretarias, que estão emperrados na Câmara desde o início de abril por falta de votos necessários à aprovação.

“Não dá para votar um projeto desses a toque de caixa. Vou trabalhar pela derrubada da urgência. Caso não consiga, vou votar contra”, avisou o tucano.“É mais um daqueles projetos encaminhados para cá pelo prefeito com o intuito apenas de encher a máquina com cabos eleitorais, que serão pagos com recursos públicos”, disparou.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

3 COMENTÁRIOS

  1. Salário do Assistente Social: 2,298 ? 40 horas? Se a própria secretaria de Assistência Social não valoriza o profissional, quem vai valorizar? Isso porque a Secretária de Assistência social é uma Assistente Social.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Risco de acidente em rodovias federais sob gestão pública é maior

Em 2023, o risco de acidentes em rodovias federais sob gestão pública no Brasil foi 3,2 vezes maior do...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img