24.8 C
Rondonópolis
 
 

Política: Thiago quer unidade da centro-direita para eleição

Ele avaliou que as conversas que têm feito com outros pré-candidatos e siglas estão avançando no sentido de construção desta unidade

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
Pré-candidato a prefeito, deputado Thiago Silva: “projeto, sem divisão, extremismo e radicalismo, para que Rondonópolis tenha uma gestão mais moderna”

Pré-candidato a prefeito pelo MDB, o deputado estadual Thiago Silva afirmou para o A TRIBUNA ontem (2) que trabalha pela construção da unidade dos partidos de centro-direita à disputa da sucessão do prefeito Zé Carlos do Pátio (PSB).

“Estamos trabalhando para construir uma aliança dos partidos de centro-direita. Queremos a unidade na eleição deste ano aqui na cidade dos partidos que apoiaram a reeleição do governador Mauro Mendes (UB)”, frisou o parlamentar, que preside o MDB na cidade.

Ele avaliou que as conversas que têm feito com outros pré-candidatos e siglas estão avançando no sentido de construção desta unidade.

“Estão evoluindo bem as conversas para a construção desta aliança em torno de um projeto, sem divisão, extremismo e radicalismo, para que Rondonópolis tenha uma gestão mais moderna, empreendedora, garantido o seu lugar de protagonismo econômico e social no Estado”, disse ele.

Entre os partidos que apoiaram a releição do governador Mauro Mendes (UB) com quem Thiago disse que vem conversando estão o Republicanos e o União Brasil.

Revelou ainda que na última conversa do grupo também esteve presente o vice-prefeito Aylon Arruda (PSD), outro pré-candidato a prefeito.
Este grupo tem ainda como pré-candidato já declarado o ex-prefeito Adilton Sachetti (Republicanos).

“Tem ainda no grupo a Marchiane, do União Brasil, que também pode disputar a prefeitura”. Um outro partido que pode aderir ao grupo é o PSDB, que tem como pré-candidato o capitão Argemiro Ferreira.

Questionado sobre a definição de nomes para encabeçar este projeto, já que os partidos com quem tem mantido diálogo possuem pré-candidatos, Thiago disse que estarão sendo realizadas pesquisas qualitativa e quantitativa ainda este mês.

 

 

———— CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

“Estes levantamentos nos ajudarão a construir o entendimento sobre nomes para encabeçar este projeto. Estou esperançoso que dará certo”, frisou o emedebista.

O pré-candidato do MDB deixou claro na conversa com o A TRIBUNA que esta definição sobre quem encabeçará este projeto não deve se estender muito. “Deve ser logo. Não pode demorar muito esta definição”, disse ele.

Reunião

Ele acrescentou ainda que, enquanto trabalha a construção desta aliança para disputa da prefeitura, o seu partido também está se organizando internamente para a formação de uma chapa competitiva à Câmara Municipal.

“A nossa intenção é construir uma chapa para que possamos pelo menos dobrar a nossa bancada na Câmara, que hoje conta com três vereadores”, disse ele, observando que na próxima segunda-feira (5), às 19h, na Uramb, o MDB de Rondonópolis retoma as reuniões para a discussão com filiados, simpatizantes a eleição deste ano.

“Faremos a primeira reunião deste ano com a militância para conversarmos sobre a eleição deste ano. Este diálogo com a base é a essência do nosso partido e é muito importante para o fortalecimento deste projeto”, atestou Thiago.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

2 COMENTÁRIOS

  1. É isso mesmo. O Zé tem a máquina na mão, é populista, sabe fazer política. Vai investir pesado em quem ele indicar. Quanto mais divisão, quanto mais candidatos rachando votos, melhor pra ele. É preciso juntar forças e quebrar essa hegemonia da esquerda em Roo. A cidade pode ficar muito melhor de se viver tendo uma administração moderna, futurista, geradora de emprego e renda resultando em qualidade de vida. Estamos perdendo espaço pra muitas cidades de Mato Grosso.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Dengue: Integração de tecnologias brasileiras promete acelerar o combate à dengue

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde na última quinta-feira (22), o Brasil ultrapassa os 740 mil casos de...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img