23.6 C
Rondonópolis
 
 

“Pegando fogo”: Temperatura pode chegar a 44ºC

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
O calor pode ficar ainda mais extremo, segundo o Inmet, na sexta-feira (20), quando Rondonópolis pode ter temperatura máxima de 44ºC (Foto – Leandro Luciano)

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu ontem (17) alerta de clima severo, em função de uma onda de calor que castiga Rondonópolis. O alerta segue até o próximo sábado (21).

A previsão do Instituto é que até sábado a temperatura poderá ficar até 5ºC acima da média com os termômetros podendo chegar a 44ºC nesta sexta-feira (20). Além do calor extremo, o Inmet também alerta para a baixa umidade relativa do ar nos próximos dias, com índices mínimos podendo cair a 10%.

Conforme o Inmet, hoje (18), a temperatura deve atingir 42ºC, com mínima de 24ºC, sem previsão de chuva. Além do calor excessivo, a umidade relativa do ar também deve ficar baixa, chegando a índice mínimo de 20%.

Nesta quinta-feira (19), a previsão do Instituto é de continuidade do calorão, com a temperatura máxima podendo chegar aos 43ºC e com a mínima em torno de 24ºC. Nesta quinta também não há previsão de chuva e a umidade relativa do ar deve cair mais ainda, podendo chegar a 10%.

O calor pode ficar ainda mais extremo, segundo o Inmet, na sexta-feira (20), quando a cidade pode ter temperatura máxima de 44ºC e mínima de 26ºC. A umidade do ar pode chegar a 20%, mas o Instituto aponta possibilidade de chuva isolada.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

O sábado (21) ainda deve ser de muito calor, com os termômetros podendo atingir 43ºC. No dia, a temperatura mínima não deve ser menor do que 26ºC e a umidade relativa do ar pode chegar a 20%. Para o sábado, o Inmet também indica a possibilidade de pancadas de chuvas isoladas.

ORIENTAÇÕES

Diante do alerta de perigo para a onda de calor, algumas recomendações são importantes para garantir a saúde da população. Conforme o Ministério da Saúde, é importante evitar exposição direta ao sol, em especial, de 10h às 16h; usar protetor solar, chapéus e óculos escuros; vestir roupas leves e que não retêm muito calor; e, diminuir os esforços físicos e repousar frequentemente em locais com sombra, frescos e arejados.

O órgão orienta ainda a aumentar a ingestão de água ou de sucos de frutas naturais, sem adição de açúcar; evitar bebidas alcoólicas e com elevado teor de açúcar; a fazer refeições leves, pouco condimentadas e mais frequentes.

Neste período também é fundamental manter os ambientes úmidos com umidificadores de ar, toalhas molhadas ou baldes de água.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Eleições 2024: PT quer ser o “Pelé” de Pátio na corrida sucessória

No decorrer da semana, numa entrevista concedida ao programa “Bom dia Cidade”, da 104 FM, o prefeito de Rondonópolis,...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img