23 C
Rondonópolis
 
 

Via ofício: Câmara pede suspensão de implantação de corredores de ônibus

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
Vereadores receberam ontem representantes de entidades empresariais preocupados com os impactos negativos que podem causar a implantação pela Prefeitura de corredores de ônibus na cidade (Foto – Assessoria)

A Câmara Municipal encaminhou, ontem (30), um ofício ao prefeito José Carlos do Pátio (PSB) solicitando a suspensão imediata das medidas que estão sendo adotadas para a implantação do projeto de ciclofaixa, ciclorrotas e corredores exclusivos de veículos do transporte coletivo em várias vias da cidade.

Uma das justificativas apresentadas para pedir a suspensão é que as medidas que estão sendo implementadas no trânsito não foram discutidas no parlamento municipal.

“Requer que seja imediatamente suspensa a implantação dos respectivos corredores para que esta Casa de Leis adote providências que lhe são de sua competência”, diz trecho do ofício.

Entre as providências que devem ser tomadas, segundo o presidente da Casa, estão a aprovação na sessão de hoje (31) da convocação de uma audiência pública para discutir o tema com a população.

Conforme o A TRIBUNA noticiou ontem, o serviço de implantação da nova sinalização começou pela Dom Pedro II, o que acabou gerando vários questionamentos em grupos de redes sociais e a resistência de comerciantes da região central, que temem ser prejudicados com a perda de vagas de estacionamento de veículos.

O documento encaminhado ao prefeito foi produzido após reunião dos vereadores, durante a Ordem do Dia da Câmara, com diretores da ACIR, CDL, bem como vários empresários do comércio local que buscaram o apoio do Legislativo.

Por seu lado, o Paço explica que a intervenção em andamento faz parte do projeto de engenharia de tráfego, baseado em um amplo estudo, visando incentivar o uso de coletivos, bem como melhorar a mobilidade urbana da cidade.

O planejamento prevê a implantação de 24km de corredores com faixas exclusivas para ônibus do transporte coletivo municipal e 22km de ciclofaixas e ciclorrotas, somando as vias Dom Pedro II, Fernando Corrêa, Barão do Rio Branco, João Pessoa, Otávio Pitaluga, João Goulart, Rio Branco (trecho mão dupla). Avenidas: Bandeirantes, Dom Wunibaldo, Tiradentes, Marechal Rondon, Lions Internacional, Bandeirantes (trecho duplicado). .

“Somente onde foi identificada a necessidade de dar maior fluidez para o trânsito”, explica José Leonardo Alves Leite, o engenheiro de transporte que elaborou o projeto baseado na avaliação feita pelos técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra), com o apoio dos dados apresentados pela então empresa Cidade de Pedra.

Explica ainda que, para implantação das faixas exclusivas para os ônibus, deve-se retirar uma das faixas destinadas para estacionamento e transformá-lo em corredor exclusivo de transporte coletivo nos horários de pico. Os horários que apenas ônibus poderão usar os corredores serão das 6h às 8h e das 16h45 às 18h.

Ainda de acordo com o engenheiro, os locais onde existe estacionamento pago da empresa Rotativo Rondon, somente nos horários exclusivos do transporte coletivo é que não haverá uso do local para estacionamento. Nos demais horários, mantém-se o serviço normalmente.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

3 COMENTÁRIOS

  1. No centro da cidade o problema q falta são estacionamentos e as ruas sao muito estreitas. As pessoas q trabalham no comercio acabam estacionando nas frente das lojas e fica faltando para os clientes que vão ao centro. Quando vou ao centro gosto de andar a pé por ali no quadrilatero central e sempre esta 80% ocupada com veiculos nas ruas. Uma solução para isso seria criar estacionamento vertical gratuito com uns 3 andares pra ter centenas de vagas, um na praça dos carreiros e outro na praça brasil e outro naquele terreno da antiga rodoviaria. Não precisa ser uma praça na quadra inteira, pode ser metade praça e metade com esse estacionamento vertical. Dessa maneira ficaria com vagas sobrando no centro e nao teria problema em criar esses corredores de onibus e ciclofaixas ocupando as ruas. Entao poderia criar ali na av amazonas da praça brasil ate a praça dos carreiros um calçadão com area de lazer e arvores, para atrair mais os clientes ate o centro da cidade.

  2. Rondonópolis-MT não cresceu por falta de gestão, investimentos em infraestrutura que sempre comento aqui – Viadutos, trincheiras, passarelas, pontes, duplicação de avenidas, semáforos inteligentes e etc. Todos esses fatores refletem na mobilidade urbana da cidade diante desse trânsito caótico que temos.

    A própria prefeitura insiste em criar loteamentos irregulares sem nenhuma infraestrutura básica que impacta negativamente a curto, médio e longo prazo acarretando problemas como esse. Em relação ao centro da cidade, a prefeitura não consegue melhorar o quadrilátero central deixando-o mais atrativo, vide o próprio exemplo do antigo terminal rodoviário, inclusive a própria autarquia está incompleta, tem ônibus mas não tem sede, funcionários, não tem concurso… É um show de horrores. De repente a prefeitura resolve criar essas faixas que não sou contra mas que prejudicará os comerciantes, não seria viável outras alternativas, discutir mais a fundo a situação.

  3. O que esperar dos políticos e comerciantes da cidade?… Notório perceber que nem um desses políticos e empresários tem interesse em ver a cidade crescer como deveria, e sim enterrar cada vez mais fundo no abismo do esquecimento e podridão. Cidades menores e até mesmo do mesmo porte que Rondonópolis contam com essas faixas, mas só Rondonópolis tem o diferencial “não ouviu a sociedade, não ouviu o parlamento, não ouviu a CDL, não ouviu isso ou aquilo”. Não se ver um dessas entidades propor algo útil que possa trazer benefícios para sociedade, reclamar é com eles mesmos. Chamar a câmara ou prefeitura para discutir novos caminhos para a educação, saúde, segurança e lazer não faz. É por isso que Rondonópolis em 10 anos não cresceu mais que muitas cidades do estado, ficou essa miséria com gente mesquinha e sem força de vontade em querer prosperar o município.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Eleições 2024: PT quer ser o “Pelé” de Pátio na corrida sucessória

No decorrer da semana, numa entrevista concedida ao programa “Bom dia Cidade”, da 104 FM, o prefeito de Rondonópolis,...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img