(*) Tatiane Michelly Rossi

Quaisquer sentimentos ruins
Aparecem nessas horas,
Somente nos dias em que só está,
Somente nos momentos em que põe-se a pensar…
Mas não pensar em qualquer bobeira,
Pensar em asneira.

Misericórdia!

Quanta bagaceira,
Quanta desgraceira,
Quanta barreira,
Parece até que a vida está de brincadeira.

Sem eira nem beira
Vivendo infeliz,
Escondendo o riso, a choradeira
Como se fosse atriz.

Querendo de volta uma vida feliz.
Bem Ele quem diz: Vinde a mim…

(*) Tatiane Michelly Rossi é administradora pela UFMT – Campus Rondonópolis e artista na @tate_arte

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui