Glaucia da silva vieira - assassinada - 22-08-12

Muitos anos se passaram, muitos já esqueceram, mas para nós é como se fosse hoje, a dor, as lembranças, os sonhos ceifados, o mistério da vida às vezes não entendido. Continuamos sentindo a sua falta, filha querida. Pois, para nós, você foi uma das maiores preciosidades alcançadas. E tiraram de nós a grande preciosidade, o que tínhamos de melhor: Tiraram de nós a nossa querida Gláucia.
Se você fosse viva, hoje teria 36 anos e quem sabe teria nos dado netos. Com sua morte trágica, sofremos, amadurecemos. Com a sua falta, nos unimos mais, fortificamos mais na fé, estendemos nossos laços de amizade, participamos, procuramos fortalecer os que precisaram de nós, e ser para os outros, para a família, para nossa comunidade, para nossos amigos uma presença viva de Deus.
Você foi para Deus, filha querida. E Deus nos concedeu com os mistérios da vida novos presentes como a vida da nossa neta Rita de Cássia, do Renato Neto, a nossa nora Isabel Moreira e Lucielly Medeiros. São pessoas que aprendemos a amar, nos fortalece e aumentou nossa família.
Continuamos esperançosos no PAI, procuramos sermos corretos em nossas vidas, para que Deus diante de sua grande bondade nos conceda a graça de um dia estarmos juntos na glória Celestial.
Com saudades eternas:

(*) Diozina, Renato, Glécio, Isabel Gleison, Lucielly, Rita de Cássia e Renato Neto

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui