O maior importador de carne brasileira continuou sendo a China (Foto – Arquivo)

Mato Grosso registrou resultados recordes em volume e faturamento de exportação de carne bovina em equivalente carcaça no período de janeiro a abril de 2022. Os dados superam o registrado no mesmo período de 2021.
Os números constam no boletim divulgado pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), elaborado com base nos dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

De acordo com o Imea, foram somadas 185 milhões de toneladas em equivalente a carcaça embarcadas no período de janeiro a abril de 2022, o que correspondeu a um faturamento de US$ 790 milhões no total.

Esse resultado foi 34,71% e 63,97%, respectivamente, superior ao observado no mesmo período do ano passado, quando os números correspondiam a 137 milhões de toneladas e US$ 480 milhões.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

O maior importador de carne brasileira continuou sendo a China que, somada a Hong Kong, correspondeu a 53,32% de participação, com incremento de 15,37% no comparativo anual.

Outros países também entraram em cena e demandaram elevados volumes da proteína brasileira, como é o caso do Egito, em que o incremento observado foi de aproximadamente 600% no mesmo comparativo.

1 COMENTÁRIO

  1. O kilo do bucho está 18 reais, se apenas o kilo do bucho está nessa altura imagina as outras carnes? Como o estado não registra recorde em volume e faturamento de exportação? É claro que vai ser recorde. Mas vamos fazer igual o Bolsonaro falou na sua live, temos que pechinchar para ter desconto e se não der desconto vai em outro até conseguir, eu pensei que fosse o Maduro falando na Venezuela mas não, era o Bolsonaro falando para o Brasil, bizarro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui