Evento na cidade conseguiu reunir mais de 500 atletas, incluindo iniciantes, de várias partes do Brasil (Foto – Rafael Vicentini)

O beach tennis (tênis de areia) virou “febre” em Rondonópolis e transformou a cidade na sede do maior campeonato estadual do esporte. O “1º Open Beach Tennis Sem Fronteiras” teve início na quarta-feira (30) e as finais acontecem neste domingo (3). O evento conseguiu reunir mais de 500 atletas, incluindo iniciantes, de Rondonópolis, e de várias cidades de Mato Grosso e de outros estados, como Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Goiás e Rio Grande do Sul.

O campeonato é organizado pela Fraternidade Sem Fronteiras e os valores arrecadados com as inscrições serão destinados em prol da instituição. Brígida Dornellas, uma das organizadoras do evento, explica que, como o beach tennis é a febre do momento na cidade, nasceu a ideia de organização do torneio que arrecada fundos para a instituição. “Para este ano, definimos que em vez da corrida que tradicionalmente realizávamos, seria organizado esse torneio aproveitando a febre do momento que é o beach tennis”, explicou.

(Foto – Rafael Vicentini)

O campeonato está sendo disputado em duplas, divididas em categorias A, B, C e pró masculino, feminino, misto, 40+ e sub-15, e a categoria fraternidade, que é aberta para crianças e iniciantes que querem participar.
Brígida destaca que o campeonato é o primeiro do esporte realizado em Rondonópolis e em Mato Grosso. “A previsão era de que o campeonato começasse na quinta-feira, mas em função do grande número de inscritos e de duplas participantes, foi antecipado em um dia, e começou na quarta”.

O sucesso do torneio, com cerca de 200 inscritos de Rondonópolis e mais de 300 que vieram de outras cidades de Mato Grosso, como Sinop e Primavera do Leste, e de outros estados brasileiros, impressionou os organizadores, que já pensam na realização do 2º campeonato na cidade.

O ESPORTE
A Confederação Brasileira de Tênis (CBT) explica que o beach tennis foi criado em meados de 1987 na província de Ravennana, na Itália. Em 1996, o esporte começou a se profissionalizar. Atualmente, este esporte tem uma mistura do tênis tradicional, vôlei de praia e badminton e suas regras e práticas vêm se modificando ao longo dos anos. Ele é praticado por mais de 500 mil pessoas espalhadas em todos os continentes.

Segundo a CBT, a modalidade chegou ao Brasil em 2008 no estado do Rio de Janeiro. Desde então, o beach tennis vem crescendo rapidamente para outras cidades litorâneas brasileiras. Ganhou popularidade, inclusive, nas cidades não praianas, como São Paulo.

Em Mato Grosso, assim como Rondonópolis, o esporte vem ganhando popularidade com um número cada vez maior de praticantes desde 2019. Em Rondonópolis, já existem várias arenas para a prática de esporte e o número de praticantes só vem crescendo.

Ainda, conforme a CBT, o sucesso do beach tennis no Brasil e no mundo deve-se pela facilidade com que uma pessoa aprende a jogar e pela diversão que ele proporciona mesmo para quem nunca praticou antes. Além disso, é uma excelente opção para quem quer melhorar o condicionamento físico e cuidar da saúde.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui