14.2 C
Rondonópolis
, 15 julho 2024
 
 

Série D: União enfrenta o CRAC fora de casa por permanência no G4

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
União busca neste domingo, em Goiás, o seu segundo triunfo seguido na Série D deste ano (Foto – Arquivo)

O União Esporte Clube encara o CRAC (GO), neste domingo, às 16h, na Arena Rifertil, na cidade goiana de Catalão, disposto a conquistar a sua primeira vitória fora de casa no Campeonato Brasileiro da Série D.

Voltar com os três pontos na bagagem será importante para o Vermelhinho embalar e se firmar nas primeiras posições do seu grupo na competição nacional.

Na rodada passada, a primeira do returno, após a vitória em casa sobre o vice-líder do Grupo A5, o Anápolis (GO), por 1 a 0, o Colorado pulou da sexta para a quarta colocação, com 11 pontos.

A mesma pontuação que tem o adversário deste domingo. Mas, por levar a melhor em um dos critérios de desempate, o maior número de gols marcados, o time rondonopolitano fica à frente na tabela.

A busca pela permanência entre as primeiras posições dentro do grupo será também a busca pela segunda vitória consecutiva no certame nacional, que é visto pela equipe colorada como a possibilidade de se firmar, engatando uma sequência positiva de resultados, o que ainda não conseguiu fazer.

As duas vitórias do União na Série D deste ano foram todas conquistadas no Luthero Lopes. Para este duelo, o time do técnico Luciano Dias, que após cumprir suspensão na última partida, poderá ficar no banco para comandar a equipe, terá força máxima.

Baixas nos últimos jogos, o volante Geandro e o meia Jean Patrick já estão com totais condições de jogo e ficam como opção para o treinador.

 

 

———— CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Ao longo das atividades realizadas no CT do Jardim Iguaçu, com vistas à preparação para o confronto contra os goianos, Dias sinalizou que deve manter a base do time titular que começou a partida na vitória diante Anápolis.

Com isso, o provável União que Luciano Dias deve mandar é este: Elias, Werinton, Lucão, Marcão e Fabinho; Thomas, Nagib e Primão; Erick, Padu (Toninho) e Deivid.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

ECA, 34 anos: proteção digital de crianças é principal desafio

Criado para garantir direitos e a proteção de pessoas com menos de 18 anos, o Estatuto da Criança e...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img