15.5 C
Rondonópolis
, 15 julho 2024
 
 

Libertadores: Grêmio “atropela” bolivianos e só depende de si para se classificar

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
Grêmio é o terceiro colocado do Grupo C e pode se classificar no próximo jogo, contra o Huachipato do Chile (Foto – Lucas Uebel/Grêmio)

Retornando ao futebol, o Grêmio venceu o The Strongest-BOL por 4 a 0, em duelo realizado na noite de ontem (29) no Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR), pela 6ª rodada da Copa Libertadores. O marcador foi aberto no primeiro tempo. Aos 14 minutos, Diego Costa cruzou e Soteldo completou de primeira para abrir o placar. Na etapa final, o Tricolor completou a goleada. Aos cinco minutos, João Pedro marcou o segundo.

Aos 21, Galdino chutou cruzado e fez o terceiro. Na reta final de jogo, aos 44, Gustavo Nunes arriscou de fora da área e fechou a conta. Com o resultado, o Grêmio é o terceiro colocado no Grupo C, com dois jogos atrasados contra Huachipato-CHI e Estudiantes-ARG, e depende apenas de si para classificar às oitavas de final da competição.

O duelo desta quarta-feira, marcou o retorno do Grêmio a campo após 29 dias longe dos gramados, em razão das fortes chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul.

Por conta disso, os capitães de Grêmio e The Strongest atuaram com as braçadeiras na cor roxa, da campanha “Jogando Junto”. Lançada em conjunto com Internacional, o roxo simboliza a união da dupla Gre-Nal pela reconstrução do RS.

O Tricolor volta a campo neste sábado (1º), às 15h, contra o Red Bull Bragantino, no Estádio Couto Pereira, pela 7ª Brasileirão Série A. Pela Copa Libertadores, os gremistas voltam a campo na terça-feira, 04 de junho, contra o Huacipato-CHI, às 20h, no Estádio Huachipato-CAP Acero, no Chile, em duelo atrasado da 4ª rodada.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

ECA, 34 anos: proteção digital de crianças é principal desafio

Criado para garantir direitos e a proteção de pessoas com menos de 18 anos, o Estatuto da Criança e...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img