24.3 C
Rondonópolis
, 22 maio 2024
 
 

Dor nos pés no tapete vermelho

Não é de hoje que as dores nos pés, joanetes e outras deformações acompanham beldades pelas passarelas e tapetes vermelhos. Por trás dos vestidos glamourosos que vimos recentemente na entrega do Oscar, muitas atrizes famosas escondiam joanetes, calos e bolhas doloridas.

Leia Mais

- PUBLICIDADE -spot_img
(Foto – Divulgação)

Em 2022 a atriz Kristen Stewart trocou os saltos por mocassins durante a entrega do Oscar. Embora aplaudida na época, a iniciativa não foi suficiente para abolir os saltos do evento.

Na entrega do Oscar de 2024, outra atriz Liza Koshy tornou-se o centro das atenções após protagonizar um tombo sob os holofotes. Ela caiu por não conseguir equilibrar-se em cima dos imensos saltos que usava.

Curiosamente, a entrega do Oscar costuma acontecer sempre em março, mês em que também se celebra o Dia Internacional da Mulher, relembrando os preconceitos e limitações a que elas são submetidas.

Porém, o uso de sapatos de salto não são bem uma “imposição”, embora causem dores nos pés, eles reforçam a autoestima. Por isso, muitas mulheres amam usar sapatos de salto.

No estudo realizado pela Pés Sem Dor “O Salto Alto e a Mulher Brasileira” 53% das entrevistadas informaram que usam sapatos de salto alto por menos tempo do que gostariam. E o motivo principal alegado para não usar o salto por mais tempo é justamente a dor nos pés.

Pesquisas revelam: mulheres sofrem mais com dores nos pés do que os homens.

Outro estudo da Pés Sem Dor, “O Trabalho e sua Relação com os Pés, Tornozelos e Joelhos”, mostra que mulheres sentem mais dores nos pés, tornozelos e joelhos do que homens. São também os pés femininos que tendem a apresentar um grau maior de deformações.

Segundo a mesma pesquisa, 52% das mulheres relatam algum grau de joanete contra apenas 28% dos homens. De fato, o uso de sapatos de salto pode causar joanetes, além de afetar o modo como caminhamos, podendo causar até dores na coluna, alerta Mateus Martinez, diretor de fisioterapia da Pés Sem Dor.

Não é de admirar que modelos e atrizes belíssimas como Victoria Beckham, Paris Hilton, Katie Holmes, Naomi Campbell (para citar só algumas), já se tornaram conhecidas pela feiura dos pés.

Afinal, são horas e mais horas de passarela, eventos e outros compromissos cumpridos sempre sobre saltos muito altos. O que pouco se sabe ou se comenta é o quanto de sofrimento e dores nos pés elas encaram enquanto fazem bonito nas passarelas e outras atividades sociais.

Para resolver as dores nos pés normalmente é preciso um pouco mais do que descer do salto. Até porque, sapatilhas de bico fino, podem continuar comprimindo a região dos dedos dos pés, causando dores, mesmo sem salto.

Faça uma avaliação dos pés com um especialista

Conforme orienta Mateus Martinez, no vídeo: “Dores nos Pés – o que fazer?”, antes de adotar qualquer medida para resolver as dores nos pés é importante avaliar mais profundamente as causas.

Saber se há algum processo inflamatório em curso e qual o problema que está causando dores e patologias nos pés. Às vezes, o calçado está somente agravando uma situação pré-existente, decorrente de algum outro fator.

Sobrepeso, tipo de pé ou de pisada, atividades físicas de impacto ou até o tempo que a pessoa permanece de pé pode causar sobrecarga resultando em dores nos pés, tornozelos ou joelhos, explica Mateus.

Procure sentar-se ao longo do dia

Especialmente quem passa muito tempo em pé deve sentar-se ao longo do dia por 5 minutos a cada duas horas para aliviar as dores nos pés, recomenda Mateus Martinez.

Faça alguns exercícios

Sente no chão ou na cama. Estique ao máximo a sua perna e movimente os pés para cima e para baixo. Repita várias vezes com cada pé para aumentar a circulação do sangue nos pés, aliviando as dores.

Outro exercício simples é rolar o pé sobre uma garrafinha de água congelada, fazendo bastante pressão. Além de relaxar, e reduzir a dor nos pés, o contato com a garrafa gelada ajuda a reduzir inflamações.

Use calçados confortáveis

Procure restringir ao máximo o uso de sapatos de salto alto e bicos finos. Opte por modelos que ofereçam espaço interno para os dedos dos pés. Você vai saber se esse espaço é adequado se conseguir movimentar os dedos dentro do calçado.

Observe também se o calçado oferece estabilidade, se é flexível, não aperta, nem atrita com os pés. Se não quiser renunciar ao salto, escolha um salto em bloco, que dê estabilidade. Saltos médios, de 3 a 5 centímetros são os que oferecem mais conforto.

Use palmilhas sob medida

Feitas de acordo com a necessidade de cada pessoa, a palmilha sob medida distribui o peso do corpo aliviando os pontos de pressão que causam as dores nos pés, explica, Mateus Martinez. Elas também alinham a pisada e reduzem o impacto ao caminhar ou praticar atividades físicas. O uso regular das palmilhas sob medida pode resolver as dores sem a necessidade de medicamentos.

 

- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- PUBLICIDADE -

Mais notícias...

Ainda o CRP: Lei com o cálculo autorial ficou para a próxima semana

Durante a reunião da ordem do dia da Câmara Municipal, realizada na tarde de ontem, a secretária municipal de...
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Mais artigos da mesma editoria

- Publicidade -spot_img