Próximas correições de maneira presencial na Comarca de Rondonópolis ocorrem entre os dias 16 e 20 deste mês (Foto – Arquivo/Agência Brasil)

A Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ) segue com a temporada de correições nas modalidades on-line e presencial nos Cartórios Extrajudiciais de Mato Grosso. A equipe coordenada pelo juiz auxiliar da CGJ, Eduardo Calmon de Almeida Cézar realizará as próximas correições de maneira presencial na Comarca de Rondonópolis, entre os dias 16 e 20 deste mês.

“A população tem um ganho muito grande com as inspeções, pois é a oportunidade de colocar a Corregedoria a par das situações do cartório, desde exigência muito rígidas de documentos a demora na entrega dos atos”, ressalta a diretora do Departamento de Foro Extrajudicial (DFE), Nilcemeire dos Santos Vilela. O usuário também pode colaborar com a melhoria dos serviços.

No trabalho de inspeção presencial serão examinados livros, cobrança de emolumentos, arquivos e documentos necessários ao bom andamento da fiscalização. E na modalidade on line se inspeciona de forma virtual os atos realizados por meio de um módulo da Central Eletrônica de Integração e Informação dos Serviços Notariais e Registrais do Estado de Mato Grosso (CEI-MT), a cobrança de emolumentos no Sistema Manfi e a prestação de contas dos cartórios.

A equipe já realizou nos dias 3 e 4 de maio correição on line no Cartório do 2º Ofício da Comarca de Dom Aquino e nos dias 9 e 10 de maio no Cartório do 1º Ofício da Comarca de Poxoréu.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

E independente da modalidade de inspeção, a população também pode fazer parte da correição, ao enviar reclamações, sugestões, críticas ou elogios à equipe responsável pelo trabalho, por meio do e-mail: [email protected] “Essa é uma oportunidade da Corregedoria estar mais próxima da sociedade. Então quem quiser, além do email, pode entrar em contato pela Ouvidoria no telefone 0800 647 1420”, convida a diretora do DOF.

Correições foro extrajudicial – De acordo com a CGJ, a função correicional é exercida por intermédio de inspeções, correições permanentes, ordinárias, periódicas; e extraordinárias gerais ou parciais. Durante a realização da correição serão verificados os roteiros, contemplando o roteiro geral (parte estrutural da serventia) e o roteiro específico (conforme atribuições da serventia), examinando livros, papéis, atos e tudo mais que se relacionar com o expediente, podendo, os interessados, fazerem reclamações, sugestões, críticas ou elogios, todos por escrito ou reduzidos a termo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui