Os problemas no atendimento na saúde pública em Rondonópolis continuam causando revolta nos usuários. As reclamações agora são relativas ao Pronto Atendimento Infantil, onde estão centralizados os atendimentos de emergência em pediatria. Segundo pais que estiveram no PA Infantil, o local está em condições inadequadas. Os problemas vão desde falta de vagas em leitos para internações até equipamentos e mobiliário em situação precária. A Secretaria Municipal de Saúde aponta que a demanda por atendimento pediátrico aumentou muito na cidade, tornando os leitos insuficientes para atender toda a procura.

Conforme informado ao A TRIBUNA, crianças que estejam necessitando de leito de internação na unidade não estão conseguindo vaga. Somente haveria vagas, conforme explicam aos pais, em leitos de observação, onde as crianças ficam internadas aguardando. A orientação repassada aos pais é de que, como não há vagas em internação, poderiam optar em retornar para casa com as crianças ou aguardar uma vaga em observação.

Além disso, a unidade estaria com aparelhos de ar-condicionado sem funcionar e equipamentos e mobiliário hospitalar em condição precária, como macas e suporte para soro enferrujados e sem condições adequadas de uso.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Diante das reclamações, o A TRIBUNA entrou em contato com a Prefeitura que informou que o Pronto Atendimento Infantil realmente está com falta de leitos para internação. Segundo a Direção do PA Infantil, a falta de leitos é provocada pelo aumento da demanda de pacientes e falta de antibióticos de uso oral. “São muitos casos de síndromes virais, pneumonia e viroses, somado a questão da falta de antibióticos de uso oral na cidade, fazendo com que os pacientes não evoluam como o esperado e retornem para o hospital”, explicou em nota.

Sobre mobiliário e equipamentos em condições precárias, a Direção do PA Infantil afirmou que já foi feita a compra dos itens necessários que estavam danificados e aguarda a entrega pelo fornecedor.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui