As vendas do comércio subiram 1% em março contra fevereiro. Esse foi o 3º resultado mensal seguido. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou o indicador nesta terça. O crescimento de março foi o maior para o mês desde 2018, quando avançou 1,2%. O setor acumula alta de 1,3% no 1º trimestre do ano. Em 12 meses, subiu 1,9%.

Na contramão, o grupo hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo caiu 0,2%. Já os artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria tombou 5,9%. O comércio varejista ampliado –que inclui as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção– subiu 0,7% em março contra fevereiro.


 

FINANCEIRO

A coluna apurou que o site consumidor.gov.br recebeu mais de 500.000 reclamações nos 4 primeiros meses de 2022. As queixas subiram 10% em relação ao mesmo período de 2021 e se dirigem principalmente ao setor financeiro. Bancos, instituições financeiras e administradoras de cartões receberam 137.666 reclamações de janeiro a abril. Isto é, quase 27% de todas as queixas registradas no consumidor.gov.br nos 4 primeiros meses deste ano. Os cartões e o crédito consignado são os maiores alvos dos consumidores. Só os problemas com cartões de crédito, débito e de loja renderam 47.961 registros e os do crédito consignado, 26.789.


 

RECOMENDAÇÕES

O ministro Edson Fachin, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, respondeu nesta terça a uma série de recomendações feitas pelo Ministério da Defesa em março deste ano sobre o sistema eleitoral. As sugestões não foram acolhidas. De acordo com a Corte, contribuições para o processo eleitoral só poderiam ser feitas até 17 de dezembro de 2021. As recomendações da Defesa foram enviadas em 22 de março deste ano. Já o prazo para mudanças nas regras das eleições terminou em 5 de março.


 

ECONOMIA

O Banco Central estima que, pelo cenário da última pesquisa do Boletim Focus, a inflação deve terminar 2022 em 7,3%, acima da meta deste ano. Também projeta um índice de 3,4% para 2023. Os percentuais foram divulgados na ata do Comitê de Política Monetária. O colegiado elevou a taxa básica, a Selic, em 1 ponto percentual, para 12,75% ao ano. Sinalizou no comunicado que haverá uma nova alta em junho, na próxima reunião, mas de menor magnitude.

Comitê avaliou que há grande incerteza sobre o comportamento futuro dos preços de commodities em Reais, como reflexo da guerra na Ucrânia e da retomada das economias no pós-pandemia. O Comitê avaliou ainda que há possibilidade de reversão, ainda que parcial, do aumento nos preços das commodities internacionais em moeda local.


 

PESQUISA

Em pesquisa divulgada nesta terça, pela Confederação Nacional do Transporte, o ex-presidente Lula obteve 40,6% dos votos, seguido pelo presidente Bolsonaro 32% na consulta estimulada, ou seja, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados.

No levantamento anterior, em fevereiro, Lula aparecia com 42,2%, enquanto Bolsonaro tinha 28%. Nessa consulta, Ciro Gomes vem em seguida com 7,1% dos votos. Depois vem João Doria marcou 3,1%, André Janones obteve (2,5%), Simone Tebet, 2,3% e Felipe d’Avila 0,3%; Os votos nulos e brancos somaram5,1% e o percentual de indecisos foi de 7%.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui