Comercialização do milho desacelerou devido às incertezas quanto à produtividade do cereal em função da redução das chuvas no estado (Foto – Arquivo)

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgou nesta semana o relatório de comercialização de milho para as safras 2021/22 e 2022/23 em Mato Grosso.

Para a safra 2021/22, as vendas avançaram 3,34 p.p. em relação ao último relatório e finalizou abril de 22 com 57,86% da produção comercializada do milho estimado para a próxima temporada.

Apesar do avanço, houve uma desaceleração na comercialização e está 15,94 p.p. atrasada frente à safra anterior, uma vez que o produtor está cauteloso nas negociações, no aguardo de preços mais valorizados nos próximos meses. Além disso, incertezas quanto à produtividade do cereal motivado pela redução das chuvas no estado também limitaram as vendas no último mês.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

No que tange À safra 2022/23, o volume comercializado em abril de 22 foi de 0,80 p.p. e finalizou o mês com 9,43% da produção estimada para a temporada. Devido às incertezas quanto à oferta e o preço dos fertilizantes para a safra futura, bem como nos preços futuros do cereal, o produtor está receoso para fechar negócios e travar seus custos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui