O Governo de Mato Grosso começou a entregar, nesta segunda-feira (09/05), os novos cartões do Ser Família Emergencial para as 100 mil famílias beneficiadas pelo programa em todo o Estado. Os novos cartões serão abastecidos com o auxílio de R$ 200, referentes ao pagamento bimestral do mês de abril.

Segundo a secretária de Assistência Social e Cidadania, Rosamaria Carvalho, para entregar os cartões aos municípios do interior do Estado, a Setasc contará com o apoio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

“Contamos com a parceria da Polícia Militar, que já começou a retirar os cartões aqui na sede da Setasc para levar aos seus comandos regionais, de onde serão distribuídos aos municípios. Para aqueles municípios mais distantes, vamos contar com o apoio do Centro Integrado de operações Aéreas – Ciopaer. Até quinta-feira esperamos estar com todos os cartões dentro das regionais para serem distribuídos aos beneficiários”.

O Ser Família beneficia 100 mil famílias em situação de vulnerabilidade de todo o Estado, que estejam inscritas no Cadastro Único das Políticas Sociais Brasileiras do Ministério da Cidadania (CadÚnico) e também no Programa Bolsa Família.

O pagamento de R$ 200 é garantido, bimestralmente, até dezembro de 2022. O benefício é destinado exclusivamente para compra de alimentos, sendo proibida a aquisição de bebidas alcoólicas, produtos à base de tabaco, cosméticos e combustíveis.

“O governador Mauro Mendes pediu que a gente agilizasse para que esse cartão chegasse o mais rápido possível nas mãos das pessoas que precisam, porque esse dinheiro faz muita falta para elas. O nosso foco são essas pessoas, pois a insegurança alimentar é muito grande e esse dinheiro ajuda muito”, destacou Rosamaria Carvalho.

O Governo de Mato Grosso rescindiu o contrato com a empresa Eovale (Meovale) pelo descumprimento da prestação de serviço do programa Ser Família Emergencial. A empresa não fazia o repasse dos valores devidos aos estabelecimentos credenciados, mesmo com o Estado mantendo em dia todos os pagamentos junto à empresa e aos beneficiários.

Para garantir a manutenção do programa emergencial, uma nova empresa foi convocada para administrar os cartões e gerenciar o contrato com os estabelecimentos comerciais.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui