VAI PESAR
A Petrobras anunciou, nesta segunda, um reajuste de 8,9% no preço do diesel nas refinarias. A partir desta terça, o valor médio por litro passará de R$ 4,51 para R$ 4,91. O mais recente reajuste tinha sido feito há 60 dias, em 11 de março, quando a empresa aumentou o preço do combustível em quase 25%. Segundo a Petrobras, considerando a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 4,06, em média, para R$ 4,42 a cada litro vendido na bomba. Uma variação de R$ 0,36 por litro.

ALARMANTE
O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta segunda que os números de alertas de desmatamento na Amazônia em abril são “péssimos” e “horrorosos”. Mourão reconheceu que há falhas nas ações para a preservar a região e declarou ser preciso identificar onde o governo está “errando”. Os alertas ultrapassaram a marca de 1.000 km² em abril deste ano, segundo dados do Deter, sistema de alerta do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

POR FALAR EM MEIO AMBIENTE
O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o Brasil precisa receber dinheiro pela preservação do meio ambiente. Em evento em Brasília, Guedes falou que está elaborando 3 acordos com a OCDE nesse sentido, como a estimulação da produção sustentável, maior tributação sobre produtos poluentes e uma forma de ganhar para preservar a fauna e a flora. Na visão de Guedes, o mundo enfrentará 3 grandes desafios, e o Brasil faz parte da solução. São eles: segurança energética, alimentar e mudanças climáticas.

BILHÕES
O lucro líquido recorrente dos 3 maiores bancos privados do país –Bradesco, Itaú e Santander Brasil– somou R$ 18,2 bilhões no 1º trimestre de 2022. O valor representa um crescimento de 7,8% em comparação com o mesmo período do ano passado. A maior alta foi do Itaú Unibanco, que teve lucro líquido de R$ 7,36 bilhões no período. Subiu 15% em relação ao 1º trimestre de 2021. O banco também foi o que registrou o maior ganho de janeiro a março. Bradesco teve lucro líquido de R$ 6,82 bilhões, e o Santander, de R$ 4 bilhões.

CONSEQUÊNCIAS
As petroleiras BP, Equinor, ExxonMobil, Shell e TotalEnergies reportaram baixas de US$ 38 bilhões por causa da guerra na Ucrânia. No início do conflito, as companhias anunciaram que sairiam de negócios na Rússia. Os impactos dessa decisão foram reportados nos resultados do 1º trimestre de 2022. O maior tombo foi da britânica BP, que vai alienar sua participação de 19,75% na estatal russa Rosneft. A companhia reportou perdas de US$ 24 bilhões relativas à saída do capital social da estatal e à desvalorização dos ativos russos. Os outros ativos da BP na Rússia representaram baixa de R$ 1,5 bilhão. No total, a petroleira perdeu US$ 16,6 bilhões em patrimônio.

REGISTRO POSITIVO
Em decisão publicada ontem no Diário Oficial da União, o governo federal estabeleceu as normas do Registro Nacional Positivo de Condutores. O objetivo da ação é conceder benefícios fiscais ou tarifários para condutores que não cometeram infrações de trânsito nos últimos 12 meses. A publicação é assinada pelo presidente do Conselho Nacional de Trânsito, Marcelo Sampaio Cunha Filho. O texto não entra em detalhes sobre quais serão os benefícios concedidos. A única explicação é que eles virão, “na forma da legislação específica”, dos governos estaduais, do Distrito Federal, e dos municípios.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui