A vereadora já demonstrou interesse em ir para a disputa, mas só iria se o empresário Luizão não sair candidato – Foto: Arquivo

A vereadora Kalynka Meireles, do Republicanos, tem demonstrado interesse em disputar a eleição para o cargo de deputada estadual, tendo inclusive o nome constantemente citado pela imprensa como possível candidata. Mas, para que ela de fato possa assumir a candidatura e começar as suas articulações visando a conquista de apoio e do voto popular, ela diz depender de uma definição da parte do empresário Luiz Fernando de Carvalho, o Luizão.

A indefinição da vereadora se deve ao fato de que Luizão seria o nome mais forte da sigla para a disputa de um cargo de deputado estadual, mas como ele não se define quanto à sair ou não candidato, ela também fica impedida de se movimentar para viabilizar seu intento.

Candidato a prefeito em 2020, Luizão obteve 20.653 votos, perdendo apenas para o prefeito reeleito José Carlos do Pátio (SD), surpreendendo a todos e se tornando uma promessa da política local. A tendência natural seria manter sua base de apoio mobilizada e se manter em contato com seus eleitores, podendo surpreender a todos novamente e se eleger deputado, para assim se tornar ainda mais conhecido e popular, trazendo recursos e ajudando na solução de problemas estruturais da cidade, para então pensar em se candidatar a prefeito novamente numa próxima eleição, dessa vez com chances de se eleger.

Mas, ao contrário do esperado, tem se mantido distante da política desde a eleição de 2020 e perdido a oportunidade de se destacar como líder da oposição à atual administração, apontando seus erros e falhas, reunindo em torno de seu nome todos aqueles descontentes com o modo de Pátio governar.

Enquanto Luizão não se define, a vereadora de primeiro mandato também se vê impossibilitada de assumir suas intenções e colocar o seu bonde na rua.

Outros vereadores na disputa

Situação parecida vive Marildes Ferreira (PSB), que depende das definições de seu partido, já que é tida como certa a filiação de boa parte do grupo do prefeito Zé do Pátio ao seu partido, o que minaria suas chances de se eleger deputada estadual, já que o grupo do prefeito deve apoiar o presidente da Câmara, Roni Magnani (SD), que já está com seu bloco na rua.

Outro que já anunciou sua pré-candidatura foi tucano como Carlos Guinâncio, o Subtenente Guinâncio (PSDB).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui