Pelo que foi divulgado pelo governo federal, ninguém tem problemas de salários baisxos nas autarquias O Relatório de Benefícios das Empresas Estatais Federais (Rebef), publicado nesta sexta-feira (dia 21) pela Secretaria Especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados (SEDDM), do Ministério da Economia, revela que um funcionário da Petrobras — que não é diretor da empresa — recebe como salário mensal R$ 145.184. O documento ainda traz valores gastos com remunerações por outras 45 estatais controladas pela União.

PRIVILÉGIOS
E de acordo com o relatório, dos 48.274 empregados, a Petrobras paga salário mínimo de R $1.541, fazendo com que a média das remunerações seja de R $25.164. A assistência alimentar é de R $1.254,48, além de R $192 em vale-refeição, totalizando R $1.446,48. A companhia ainda garante adicional de 100% de férias aos seus trabalhadores, quando a previsão legal é de 33,3%. Isso significa que, ao sair de férias, o funcionário recebe um salário extra.

LUTO DE BOLSONARO
A mãe do presidente Jair Bolsonaro, Olinda Bolsonaro, morreu de causa ainda não divulgada na madrugada desta sexta-feira (21) em Registro (SP), aos 94 anos de idade. Ela estava internada desde segunda-feira (17). O anúncio do falecimento foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro em suas redes sociais. O velório e enterro serão em Eldorado (SP), cidade a 52 quilômetros de Registro, onde Olinda morava.Devido à morte da mãe, Jair Bolsonaro decidiu retornar ao Brasil e cancelar viagem oficial à Guiana. A viagem oficial incluiu também o Suriname.

DEU NA MÍDIA
E os privilégios continuam!Mesmo depois de se demitir, Deltan Dallagnol teve rendimentos brutos extras de R$ 207 mil do Ministério Público Federal em dezembro.Ele não foi o único da Lava Jato contemplado com um contracheque bem mais gordo no último mês de 2021. O notório Januário Paludo teve teve acréscimo de R$ 306 mil brutos em seu salário. Isabel Cristina Groba Vieira, que exigiu que Lula a chamasse de doutora em um dos depoimentos do ex-presidente a Moro, teve vencimentos brutos acrescidos de R$ 174 mi.

DESFALQUE
Comentários de fontes ligadas ao desempenho econômico do governo informam que diante da crise na aprovação do Orçamento 2022, o ministro da Economia, Paulo Guedes, terá de lidar, ainda, com os pedidos de exoneração do subsecretário de Assuntos Fiscais da Secretaria de Orçamento Federal, Luiz Guilherme Pinto Henriques, e o subsecretário de Gestão Orçamentária, Márcio Luiz de Albuquerque Oliveira.A expectativa é que a saída seja oficializada no Diário Oficial da União nos próximos dias.

DESERTOR
Até que demorou…Vice-presidente da Câmara, o deputado federal Marcelo Ramos (AM) anunciou que se desfiliou oficialmente do PL nesta sexta-feira (21/1). O parlamentar argumentou que seria incompatível seguir no Partido Liberal após a entrada do grupo político do presidente Jair Bolsonaro, que entrou na legenda no fim do ano passado. Ramos declarou que só decidirá a qual agremiação se filiará a partir do mês de março.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui