Ao contrário do que Município vinha informando, cidade não conta com 20 leitos de UTI Covid e, sim, 10 leitos (Foto – Arquivo)

Os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid-19 em Rondonópolis voltaram a lotar nesta semana. Na sexta-feira (21), apenas um leito estava disponível na Santa Casa de Misericórdia. Com nove pacientes internados, a ocupação era de 90%.

A Secretaria Municipal de Saúde afirmou que monitora a situação e que conta neste momento com três leitos de suporte com respiradores no Hospital Municipal Antônio dos Santos Muniz (Hospital de Retaguarda) e, caso necessário, poderá ampliar leitos de suporte e até criar vagas exclusivas para Covid-19 na UTI clínica da unidade, que possui 10 leitos. Na sexta-feira, conforme o Município, os três leitos de suporte no Hospital de Retaguarda estavam disponíveis.

Em 2021, em um dos momentos mais críticos da pandemia, Rondonópolis contava com 60 leitos de UTIs exclusivos para a Covid-19. Eram 20 na Santa Casa, mais 30 no Hospital Regional de Rondonópolis e outros 10 no Hospital de Retaguarda. Com o avanço da vacinação e redução das internações em decorrência da doença, os leitos começaram a ser desativados em outubro do ano passado.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

Atualmente, a cidade conta com 10 leitos de UTI Covid-19 na Santa Casa apenas. Os 30 leitos do Hospital Regional foram desativados e os 10 do Hospital de Retaguarda passaram a receber pacientes clínicos, ou seja, com outras comorbidades.

Na semana passada, o Governo do Estado anunciou a reabertura de 10 leitos de UTI em Primavera do Leste, que também faz parte da regional de saúde de Rondonópolis e dependia de leitos da Santa Casa, mesmo assim, demais municípios continuam tendo pacientes enviados à Santa Casa de Rondonópolis.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui