Os presos chegaram a serrar grades e cadeados, mas não conseguiram chegar até os muros da Mata Grande (Foto – Divulgação)

Policias Penais que atuam na Penitenciária Major Eldo de Sá, a Mata Grande, evitaram uma grande fuga de presos nessa terça-feira (18). Os internos chegaram a serrar as grades e os cadeados da cela e do portão da ala onde estavam dez presos, mas foram descobertos e tiveram seus planos de fuga frustrados.

De acordo com informações da Polícia Penal, era por volta de 8h40 quando policiais penais faziam a chamada destranca dos recuperandos e perceberam que as grades dos portões do Raio 3 SD e do Raio 3 IE, que estava desativada para reforma, estavam serradas.

Os policiais começaram imediatamente uma varredura nas alas citadas e encontraram na antessala de uma delas várias cordas artesanais com gancho, conhecidas por “Tereza”, que possivelmente seriam utilizadas pelos presos para pularem os muros da Penitenciária.

(Foto – Divulgação)

Continuando a varredura, descobriram que o chamado pirulito e o cadeado de uma das celas, a de número 12, onde dez apenados cumprem pena, também estavam serrados, que por pouco não conseguiram chegar até os muros do presídio e concretizar o plano de fuga.

Os presos foram encaminhados para a ala de segurança do presídio e o restante da ala mantida trancada durante todo o dia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui