Na Santa Casa, a taxa de ocupação das UTIs para Covid era ontem de 70% (Foto – Arquivo)

Rondonópolis não confirma óbitos nas últimas 24 horas e está há 14 dias sem registro de óbitos. Nas últimas 24 horas, a cidade confirmou mais 50 novos casos de Covid-19. Os dados são do boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde divulgado ontem (17).

Desde o início da pandemia, Rondonópolis registrou um total de 39.178 pessoas infectadas. Destas, 945 perderam a vida e 37.689 se recuperaram. Ainda há na cidade 544 pessoas com casos ativos da doença, sendo que destas, 526 estão em isolamento domiciliar e 18 pessoas estão hospitalizadas.

A taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) era de 35% nesta sexta-feira, com 7 pacientes internados e 13 leitos disponíveis. Nas enfermarias públicas, 11 pessoas estavam internadas e a taxa de ocupação era de 12,1%.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Uma morte foi confirmada ontem na Santa Casa de Rondonópolis, mas a paciente era moradora da cidade de Poxoréu.

MATO GROSSO
Mato Grosso registrou ontem (17) mais oito óbitos em decorrência da Covid-19 que foram registrados neste fim de semana. O Estado já registrou desde o início da pandemia um total de 14.130 óbitos e 579.494 casos da doença. Neste fim de semana, Mato Grosso confirmou mais 4.480 novos casos no Estado. Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde.

Dentre os 579.494 infectados, 549.463 pessoas se recuperaram e ainda há 15.128 pessoas em isolamento domiciliar. Nas UTIs públicas, a taxa de ocupação era de 72,38% com 131 pessoas internadas. Nas enfermarias públicas, a taxa de ocupação estava em 28%, com 133 pacientes internados.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (116.019), Várzea Grande (42.823), Rondonópolis (39.178), Sinop (27.628), Tangará da Serra (19.231), Sorriso (18.684), Lucas do Rio Verde (16.252), Primavera do Leste (15.706), Cáceres (12.726) e Alta Floresta (11.864).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui