(*) Hermélio Silva

Mentira de pescador
Descoberta a produção das iscas de pesca do pescador mais famoso, por essas bandas de cá do rio Vermelho.
Ele garante que é a mais absoluta verdade, por isso quer divulgar para os amigos, agora que está no período de defeso da piracema em Mato Grosso, que ocorrerá entre outubro de 2021 e janeiro de 2022.

A massinha é composta de:
1 e ½ banana caturra do Norte de Minas.
2 paçocas de amendoim, tipo retangulares da marca Gibi.
23 gramas de queijo ralado, do Triângulo Mineiro.
01 batata baroa carioca, cozida e amassada com colher de flandres.
02 pingos de mel de Jataí, do estado de Rondônia.
3 ml de essência do ruído do pequi roído, de Goiás.
18 unidades de ração furadinha azul anil, para cachorro.
27 gramas de manga bourbon, madura.
2 sprays de 2 segundos cada, de azeite de dendê baiano.
11 gramas de Ovomaltine.
Pequena porção da raspa de chiclete de cuiabano.
1/3 da gema de um ovo branco de galinha marrom.
01 ovo de codorna com casca, capturado pelos Bororos da aldeia Tadarimana.
Água fria de pote de barro e farinha de trigo argentina, vencida.
Amassar tudo até o ponto ideal, que no final parece ser constituída apenas de um ingrediente.
Você terá aquela massa brilhante, de cor uniforme e que não apresenta bolinhas de massa. Simplesmente homogênea.
Embole do tamanho de uma bolinha de gude e isca no seu anzol.
Faça uma oração e peça ajuda ao santo padroeiro dos pescadores: São Pedro.
Boa pesca, desde que na lagoa de criação de peixes em pesque e pague, devido ao defeso, por favor!

(*) Hermélio Silva é escritor e membro fundador da Academia Rondonopolitana de Letras, cadeira número 6.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui