SEM PRAZO I
O Estádio Municipal Luthero Lopes realmente não poderá receber tão cedo jogos noturnos. Como já havia adiantado reportagem do A TRIBUNA, o problema está nos refletores do estádio que não atendem as normas da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Quem quiser acompanhar os jogos na cidade vai ter que enfrentar o solzão rondonopolitano.

SEM PRAZO II
E nem prazo para que a situação seja resolvida existe. Isso porque a Prefeitura informou que ainda irá abrir um processo de licitação para a realização das obras nos refletores, que estão orçadas em R$ 1.564.365,04. O jeito é apostar no protetor solar, bonés e chapéus! Vale também a torcida para as obras saírem o mais rápido possível do papel.

AULAS PRESENCIAIS I
As aulas da rede estadual de ensino iniciam no dia 7 de fevereiro em todas as escolas no formato 100% presencial em Mato Grosso. Para receber os alunos, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) informou que todas as medidas de biossegurança serão reforçadas para evitar o contágio no ambiente escolar, tanto de Covid-19, como da Influenza.

 

AULAS PRESENCIAIS II
“Todo este cenário será analisado semanalmente, mas seguimos todas as orientações do Ministério da Saúde, Secretaria de Estado de Saúde e avaliação de especialistas que asseguram que a escola se mostra um ambiente seguro. Temos um plano de contingenciamento para que as escolas possam utilizar e todas elas contam com o sistema de cadastro na plataforma Indica-SUS para notificar casos suspeitos e confirmados”, afirmou o secretário de Estado de Educação, Alan Porto.

 

AULAS PRESENCIAIS III
Ainda, segundo a Seduc, a vacinação será recomendada aos pais e responsáveis como uma medida preventiva e o comprovante de vacinação de Covid-19 pelos professores e servidores da unidade escolar, também não será exigido no momento, pois não são considerados critérios impeditivos para as atividades.

MÉDICOS X SELETIVO I
O Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed-MT) propôs Ação Civil Pública com pedido de tutela de urgência para suspender e impedir a tentativa do Estado de Mato Grosso de realizar processo seletivo e aponta contradição na fala do governo de que vai realizar concurso público esse ano, sendo que nem a comissão para a elaboração foi criada e ainda, por ser ano eleitoral, é impeditivo da realização do mesmo.

MÉDICOS X SELETIVO II
Segundo o advogado Bruno Álvares, assessor jurídico do Sindicato, a ação pede ainda que o judiciário faça cessar a perpetuação da ilegalidade consistente na não realização de concurso público para provimento de cargos junto à SES/MT, processo este que se perdura há 20anos. “Esse processo seletivo não pode sem realizado sem qualquer respaldo na legislação vigente”, informa o advogado.

MÉDICOS X SELETIVO III
O Sindicato diz que a questão tem que ser levada ao poder judiciário para que não se eternize a ilegalidade no Estado. “O interesse é somente o bem-estar da população e recursos humanos é fundamental para o bom atendimento da saúde. Um processo seletivo nesse momento não faz sentido, mostra a falta de interesse sim do governo em realizar o concurso”, disse Adeildo Lucena, presidente do Sindimed-MT (foto).

DIRETORIAS REGIONAIS I
O Governo de Mato Grosso sancionou a Lei nº 11.668, que instituiu as Diretorias Regionais de Educação (DRE’s), no âmbito da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc). As DRE’s são estruturas organizacionais que atuarão como instância intermediária, subordinadas à Seduc, cuja missão é gerir a implantação, o monitoramento e a avaliação da política educacional da Educação Básica, nas unidades escolares jurisdicionadas, assegurando o acesso, a permanência e a aprendizagem dos estudantes.

 

DIRETORIAS REGIONAIS II
Por este novo formato, o Estado foi dividido em 15 polos e cada DRE estará dotada de uma estrutura organizacional semelhante ao do Órgão Central para fazer o trabalho junto às unidades escolares de maneira mais próxima. O objetivo é mudar a logística de atendimento do órgão. Rondonópolis será um dos polos regionais.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui