Gerente do Departamento de Saúde Coletiva do Município, Paulo Padim: “Precisamos saber quando e quantas doses de vacina serão enviadas para nós” (Foto – Reprodução)

A Secretaria Municipal de Saúde prevê iniciar a vacinação contra a Covid-19 para crianças entre 5 e 11 anos em Rondonópolis na próxima semana. A meta para a cidade é a vacinação de 24.500 crianças nesta faixa etária conforme a Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com o gerente do Departamento de Saúde Coletiva do Município, Paulo Padim, o Município vai aguardar a chegada das vacinas na cidade para divulgar como irá funcionar o cronograma de vacinação das crianças em Rondonópolis.

“Precisamos saber quando e quantas doses de vacina serão enviadas para nós para poder definir como será o cronograma. Caso a quantidade de vacina permita a imunização de um grande número de crianças, a vacinação deve começar com aquelas com comorbidades e também por idade. Caso as doses sejam em quantidade menor, devemos iniciar pelas crianças com comorbidade”, explicou.

Padim destacou ainda que Rondonópolis seguirá todas as normativas do Ministério da Saúde e do Governo do Estado, de acordo com a resolução da Comissão Intersetorial Bipartite (CIB).

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Com a inclusão de crianças de 5 a 11 anos no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO), começam a chegar nesta semana, conforme divulgado esta semana pelo Ministério da Saúde, as primeiras doses pediátricas da vacina da Pfizer. A previsão é que o primeiro lote, com 1,2 milhão de doses, desembarque no Brasil ainda hoje (13), no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). A distribuição das doses por estado e Distrito Federal, coordenada pelo Ministério da Saúde, seguirá o critério populacional.

É importante ressaltar que as vacinas passam por um rigoroso processo de qualidade para garantir a integridade dos imunizantes, feito em tempo recorde. Após todas as etapas, os lotes são enviados às unidades federativas de forma proporcional e equivalente, considerando a quantidade de crianças de cada ente federado. Até o momento, o único imunizante aprovado pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) para aplicação nesse público é o da farmacêutica Pfizer.

Após chegada em Mato Grosso, as doses ainda precisam ser distribuídas aos municípios para que a vacinação tenha início.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui