Crescimento no número de casos de Covid-19 nos últimos dias levantou novo alerta na cidade (Foto – Arquivo)

A última semana registrou aumento considerável de casos de Covid-19 em Rondonópolis depois de 4 meses com os números em queda. Levantamento realizado pelo A TRIBUNA junto aos boletins epidemiológicos divulgados diariamente pela Secretaria Municipal de Saúde mostram que nos últimos sete dias em comparação com a semana anterior, o número de novos casos da doença registrados na cidade cresceram 257%. Paralelamente também houve aumento no número de pessoas com casos ativos da doença e nas internações, com crescimento de 202% nos casos ativos e de 300% nas internações.

Para o levantamento, foram consideradas as últimas duas semanas. Na semana 1 – entre os dias 25 e 31 de dezembro – foram registrados em Rondonópolis um total de 30 casos de Covid-19, enquanto na semana 2 – entre os dias 1 e 7 de janeiro – o total de casos confirmados da doença chegou a 107. A média diária de casos na semana 1 foi de 4,28, e na semana 2 de 15,28. Assim, verificou-se que em sete dias, entre as semanas 1 e 2, o aumento na quantidade de casos da doença na cidade chegou a 257%.

O levantamento também considerou o número de casos ativos da doença entre as semanas 1 e 2. Enquanto na semana 1, a média de casos ativos estava em 51, na semana 2 subiu para 154, apresentando crescimento de 202% no período. Os casos ativos consideram o total de pessoas ainda em tratamento e isolamento em função da doença. É usado para definir a quantidade de contaminados no período.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Vale ressaltar que esses dados levam em conta apenas casos notificados oficialmente pelo Município, sendo que neste começo de ano muitas pessoas estão retornando de viagem com relatos de sintomas de gripe e Covid-19, o que cria uma tendência de mais aumento nas notificações dessas doenças para os próximos dias.

Com o aumento no número de casos, Rondonópolis vem registrando também crescimento nas hospitalizações em decorrência da Covid-19. O levantamento junto aos dados de internações em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e em enfermarias também foi realizado com base nas semanas 1 e 2.

Assim, enquanto que na semana 1 a média de internações era de 2 pessoas, na semana 2, a média aumentou para 8. Chega-se, desta maneira, a uma elevação de 300% nas hospitalizações em decorrência da doença no período.
O crescimento no número de casos de Covid-19 nos últimos dias levantou novo alerta na cidade. A Secretaria Municipal de Saúde vem reforçando a necessidade das pessoas manterem as medidas para evitar a contaminação como o uso de máscaras, higienização constante das mãos e não permanecer em aglomerações.

Além do aumento de casos da Covid-19, que também vem sendo registrado em todo Mato Grosso nesta última semana, Rondonópolis vive ainda um surto de gripe. Assim como para a Covid-19, para evitar o contágio da gripe, devem ser adotadas as mesmas medidas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui