Comissão Intergestores Bipartite aprova vacinação de crianças entre 5 e 11 anos em MT (Foto – Divulgação)

O Governo do Estado anunciou ontem (28) que vai iniciar a vacinação de crianças entre 5 e 11 anos contra a Covid-19 assim que receber as doses da vacina do Ministério da Saúde. O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, informou ainda que o Estado não irá cobrar prescrição médica para vacinar as crianças.

Segundo o secretário, é desnecessária a cobrança de um atestado médico para vacinar as crianças com uma vacina que já tem eficácia comprovada no mundo. Para ele, a exigência de prescrição médica criaria mais um obstáculo na vacinação das crianças, bem como uma corrida da população aos postos de saúde e na pediatria, que já é escassa em Mato Grosso e todo o país.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

“Seria uma imprudência muito grande, mais uma ação para promover o negacionismo da vacina que nesse momento é tão importante”, disse.
“Mato Grosso segue a recomendação do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e aprova a vacinação de crianças entre 5 e 11 anos de idade. Mesmo que não haja alta letalidade por Covid-19 no público infantil, as crianças transmitem o vírus. Por isso, é muito importante que as nossas crianças estejam imunes a esse vírus para que tenhamos taxas cada vez menores de transmissão e, consequentemente, de letalidade”, explicou o secretário de Estado de Saúde e presidente da Comissão Intergestores Bipartite (CIB-MT), Gilberto Figueiredo.

Vários estados brasileiros já se manifestaram sobre a exigência de atestado médico para a vacinação de crianças entre 5 e 11 anos que foi proposto pelo Ministério da Saúde. Além de Mato Grosso, outros 17 estados informaram que iniciarão a vacinação sem exigir prescrição médica. São eles: Pernambuco, Bahia, Ceará, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais, Maranhão, Espírito Santo, Pará, Acre, Paraná, Paraíba, Goiás, Sergipe, Piauí, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

A aplicação da vacina da Pfizer em crianças entre 5 e 11 anos foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último dia 16 de dezembro. O Ministério da Saúde, no entanto, ainda não definiu uma data para o envio das doses destinadas para essa faixa etária e o ministro Marcelo Queiroga afirmou que será necessário que seja apresentado atestado com prescrição médica para a vacinação.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui